NOT√ćCIAS

Voc√™ pode estar conversando com um rob√ī sem perceber

Voc√™ pode estar conversando com um rob√ī sem perceber

by 14 de setembro de 2017 0 comments

* Por Carlos Alberto D’Avila

Que a intelig√™ncia artificial est√° em alta n√£o d√° para negar. Basta uma breve navegada na web, nos principais ve√≠culos de comunica√ß√£o, sejam direcionados ou n√£o a √°rea de tecnologia, para se deparar com mais uma novidade desse segmento. Cada vez mais real e presente na nossa rotina, desconstruindo aquela ideia antiga de rob√īs humanoides andando por a√≠, grandes companhias est√£o mostrando que criar rob√īs pode ser simples. E eficaz.

O t√≠tulo desse artigo n√£o √© por acaso: se voc√™ parar e analisar, talvez no √ļltimo autoatendimento que realizou, buscando respostas sobre determinada empresa na p√°gina dela na internet, tenha se rendido ao chat que de repente surgiu no canto da tela.

O atendente, com efici√™ncia e rapidez, perguntou se poderia ajudar, seguindo a conversa com op√ß√Ķes para resolver seu problema, sugerindo caminhos que iriam facilitar a resolu√ß√£o da d√ļvida, quem sabe ofertando novos produtos e condi√ß√Ķes e encerrando o papo cordialmente.

Voc√™ j√° parou para pensar que do outro lado da telinha n√£o havia ningu√©m sen√£o um rob√ī? Um bot desenvolvido especialmente para interagir, por meio de escrita ou voz, e resolver o problema de um cliente? Eles est√£o mais presentes do que percebemos e j√° n√£o se restringem a grandes marcas, como IBM, Google ou Fabebook.

Diferente daquelas t√≠picas grava√ß√Ķes de secret√°rias eletr√īnicas, os chatbots reduzem os custos das empresas com o atendimento, agilizando as demandas atrav√©s de uma pesquisa r√°pida em um imenso banco de dados. Entendem o contexto de uma pergunta, mesmo em linguagem informal, trazem novas op√ß√Ķes para o consumidor e podem, inclusive, interpretar sentimentos atrav√©s das express√Ķes do interlocutor durante chamadas de v√≠deo.

Barato
Mais do que isso, se tornaram uma opção de reinvenção do modus operandi de grandes e médias empresas. Equipes enxutas e focadas em assuntos estratégicos, enquanto os bots tomam conta do trabalho operacional. A inteligência artificial não é apenas o boom da vez, mas a tecnologia que chegou para dar às empresas uma possibilidade de interação com o consumidor de forma barata, prática e rápida, enquanto suas pessoas se dedicam à melhoria dos processos.

* diretor da Ellevo

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Coment√°rio

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Coment√°rio Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um coment√°rio.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *