NOTÍCIAS

Usar o retargeting no e-commerce cria reputação e aumenta a conversão

Usar o retargeting no e-commerce cria reputação e aumenta a conversão

by 29 de julho de 2015 0 comments

 *André Franco P. Lima

O mercado de e-commerce tem se tornado cada vez mais promissor no Brasil. Esse modelo de negócio cresceu 42% em 2014, com faturamento de R$ 35, 8 bilhões. Para 2015, a previsão, segundo a E-bit, é que as vendas pela internet apresentem um aumento 20% maior que no ano passado, alcançando os R$ 43 bilhões.

A variedade de produtos e preços competitivos oferecidos pelas lojas virtuais tornam ainda mais acirrada a concorrência entre as empresas. Deste modo, vende mais quem consegue se destacar, chamando a atenção do público-alvo e fidelizando o cliente. Dentre as estratégias mais utilizadas, o retargeting é uma tendência que vem se mostrando eficaz, já que 97% dos visitantes de um site não efetuam a compra na primeira vez que veem o anúncio, segundo dados do Google Adwords.

O objetivo dessa estratégia é fazer com que o consumidor efetive a compra no e-commerce, além de oferecer novos produtos, a fim de aumentar as vendas. Para isso, o anúncio visitado continua aparecendo para que o cliente lembre-se do produto. Também é possível impactar o possível cliente por

meio de retargeting no Facebook, fazendo com que os anúncios apareçam dentro da rede social, seja no feed de notícias ou na barra lateral.

Muito mais que conversão, essa estratégia também é efetiva na construção de branding para a marca, uma vez que impacta o público-alvo de forma segmentada e assertiva, levando uma mensagem-chave que se pretende associar à empresa. Formatos inovadores de banners podem ajudar ainda mais. Quando expansivos, é possível trazer vídeos de campanhas e até sites para dentro do banner.

Confira algumas dicas para uma boa campanha de retargeting
Identifique os possíveis clientes: foque em públicos que sejam interessantes de serem impactados, criando anúncios específicos para cada um. Assim, quanto mais próximo do que o usuário está buscando, maior as chances de conversão.

Regra dos 3 cliques: não basta apenas levar o possível cliente para a home do site, é preciso que ele encontre o produto de maneira fácil e rápida.

Controle de métricas: é importante que as conversões sejam atribuídas à campanha de retargeting para uma análise de resultados e esforços, pois não apenas o custo por clique merece atenção, mas também o custo por aquisição.

Cuidado com o excesso: é necessário cuidado ao lidar com esse tipo de campanha. Um retargeting mal direcionado pode ser visto de modo negativo pelo usuário. Possíveis clientes podem se aborrecer com anúncios excessivos, diminuindo drasticamente as chances de conversão.

*André Franco P. Lima, formado em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), com especialidade em Marketing é Diretor Comercial da Cazamba, empresa de tecnologia em mídia digital.

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *