NOT√ćCIAS

Uma √ļnica foto mostra a evolu√ß√£o da computa√ß√£o #tbt

Uma √ļnica foto mostra a evolu√ß√£o da computa√ß√£o #tbt

by 29 de setembro de 2016 0 comments

A foto de um computador Elliot 405 sendo carregado para dentro da Secretaria do Tesouro do Condado de Norwich, no leste da Inglaterra, mostra bom como era a computa√ß√£o h√° mais de 50 anos. A data retratada √© 1957, meia d√ļzia de homens fazem um esfor√ßo tremendo para movimentar a caixa com a m√°quina. Para compara√ß√£o, uma foto atual do mesmo edif√≠cio foi colocada com a justaposi√ß√£o de um computador equivalente de hoje. O modelo escolhido √© um Raspberry Pi Zero.

A foto antiga roda a internet há alguns anos, desde 2014 tem sido constantemente usada para exemplificar a evolução da computação. A montagem também não é nova. Aparentemente ela foi criada em 2015 por entusiastas do Raspberry. Mas por algum motivo, ela voltou a circular forte ontem, 29 de setembro por todas as redes sociais.

O início desse novo entusiasmo com ela foi um post no fórum Reddit no qual uma longuíssima discussão sobre o Raspberry Pi Zero vem ocorrendo há quatro dias. O motivo? A montagem é uma péssima comparação. O computador diminuto montado na foto atual do prédio é muito mais poderoso do que o gigante de 1957.

Evolução surpreendente
‚ÄúOlhando para as especifica√ß√Ķes do Raspberry Pi Zero em compara√ß√£o com o Elliott 405, o processador do Raspberry Pi √© pelo menos 100.000 vezes mais r√°pido. A mem√≥ria RAM √© 256.000 vezes mais r√°pida do que o Elliot, que j√° era surpreendente na √©poca. Na verdade, seriam necess√°rios mais de 400 rolos de fita magn√©tica do Elliott para manter a RAM do Raspberry Pi‚ÄĚ, aponta o post que deu in√≠cio a toda discuss√£o e novo sucesso da foto antiga.elliot405xraspberrypizero2

A discuss√£o segue com v√°rias compara√ß√Ķes interessantes. Por vezes √© polu√≠da por piadas inc√īmodas de assuntos completamente fora do contexto, como pol√≠tica e conflitos com a Coreia do Norte. Mas, no geral, √© uma boa cole√ß√£o de coment√°rios sobre a evolu√ß√£o da computa√ß√£o. ‚ÄúQue momento para estarmos vivo‚ÄĚ, celebra uma sobre os dias de hoje.

Outro coment√°rio levanta uma d√ļvida. ‚ÄúEsse √© somente o m√≥dulo de mem√≥ria do Elliot 405‚ÄĚ. Deixando a compara√ß√£o ainda mais desproporcional. De fato, a m√°quina dessa pioneira inglesa da computa√ß√£o era maior. Um dos cat√°logos dispon√≠veis na internet mostra que o equipamento todo ocupava uma sala.

O Raspberry Pi Zero √© um computador de US$ 5. √Č muito diminuto, tendo menos de metade do tamanho da nota que se usaria para compr√°-lo. √Č um computador pronto, mas n√£o de uso imediato. √Č preciso lig√°-lo a outros perif√©ricos e finalizar sua programa√ß√£o. A ideia da empresa √© justamente essa, tornar o hardware principal acess√≠vel e, al√©m de tudo, entusiasmar as pessoas a aprenderem programa√ß√£o e terem novas ideias de usar tecnologia em qualquer coisa.

 

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Coment√°rio

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Coment√°rio Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um coment√°rio.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *