NOTÍCIAS

Startup israelense e Barclays fazem exportação usando blockchain

Startup israelense e Barclays fazem exportação usando blockchain

by 9 de setembro de 2016 0 comments

A startup israelense Wave alega ter feito a primeira operação comercial do mundo usando blockchain, a mesma tecnologia por trás das moedas virtuais bitconins e que muitos estão considerando um futuro para o e-commerce e sistema financeiro. O projeto foi apoiado pelo banco Barclays e resultou numa tremenda redução de tempo operacional.

A transação foi testada com a exportação de quase US$ 100 mil em produtos perecíveis (queijo e manteiga) da cooperativa de alimentos agrícolas irlandesa Ornua. Normalmente, uma operação desta magnitude envolve procedimentos diversos entre liberações de carga e envio de dinheiro. A Wave diz que encurtou para menos de quatro horas um processo que normalmente levaria entre sete e 10 dias, eliminando a papelada burocrática.

A startup é parte do braço acelerador de ideias do Barclays e foi credenciada para um investimento e testes do modelo de negócio no ano passado, em um evento em Nova York. Desde então, a empresa trabalha com os especialistas em blockchain do banco na Grã-Bretanha e na África do Sul. O testo foi o primeiro a ser feito como se fosse uma operação comum e foi considerado um sucesso.

Segurança e rastreabilidade
O burburinho sobre o uso de blockchain em e-commerce e sistema financeiro tem crescido nos últimos dois anos. Especialistas afirmam que a tecnologia é confiável o suficiente para ser usada na substituição de vários procedimentos que envolvem dinheiro. Ela foi criada para suportar a moeda virtual Bitcoin, mas as empresas querem adotá-la com moeda corrente e conhecida.

Aparentemente, é possível. A Wave conseguiu fazer a cadeia de blocos de informações que trafega por vários computadores ser rastreável, o que possibilitou as ordens de comércio contidas em documentos serem executadas. A empresa alegou também que a segurança aumenta com o uso de blockchain, já que várias partes da cadeia confirmam um ordem para que seja executada, sem intermediários.

O teste da startup israelense mostra que a blockchain pode ser uma grande aliada na desburocratização de processos comerciais e estratégias paperless. Apesar do sucesso, a empresa alerta que ainda é preciso ganhar a confiança de empresas e usuários e pode demorar de cinco a dez anos para a blockchain se tornar comum.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *