NOTÍCIAS

Smartphone pode ser culpado por recorde de mortes de pedestres

Smartphone pode ser culpado por recorde de mortes de pedestres

by 31 de março de 2017 0 comments

O número de mortes de pedestres no trânsito subiu a um nível recorde nos Estados Unidos e isso está preocupando as autoridades do governo. Os dados preliminares do novo relatório sobre o assunto mostram que houve quase 6 mil mortes de pedestres em 2016, um aumento de 11% em relação ao ano anterior, e o maior crescimento desde que o registro é feito há 40 anos. Por trás dessas fatalidades há fatores econômicos, ambientais e um novo culpado tecnológico – o smartphone.

Os dados são coletados pelo Governors Highway Safety Association, uma associação das secretarias estaduais de trânsito e segurança rodoviária. O levantamento estatístico preliminar foi divulgado na última quarta-feira, 29 de março. Na apresentação, os pesquisadores disseram que o crescimento pode ter sido impulsionado por motoristas e pedestres distraídos por celulares e outros dispositivos eletrônicos. O fato é novo e inesperado. De acordo com a equipe de estatísticos, os próximos estudos precisam levar isso em conta para medir com exatidão o problema.

Economia voltando a aquecer e dando condições de haver mais carros nas ruas, gasolina barata e falta de transporte público seguro são fatores conhecidos da associação de segurança de trânsito e que levam a aumentos do número de mortes. O uso de álcool também interfere. Outro aspecto recente no comportamento é que mais pessoas fazem caminhadas como forma de atividade física e podem ficar expostas a acidentes fatais. Mas, os pesquisadores alertam para que isso ainda não é suficiente para explicar o aumento recorde de mortes.

O número de alcoolizados, por exemplo, manteve-se estável. Cerca de 15% dos motoristas e 34% dos pedestres estavam intoxicados por álcool. Números parecidos com os levantamentos anteriores. “Caminhadas, mesmo que sejam de vários quilômetros percorridos, contribuem para apenas alguns pontos percentuais, e provavelmente não são responsáveis pela maior parte do aumento de mortes de pedestres”, disse Richard Retting, diretor de segurança da Sam Schwartz Transportation Consultants e autor do relatório. Ele aponta que usar o smartphone para enviar mensagens, tirar selfies ou escrever posts em redes sociais enquanto caminha parece ter um peso novo nas estatísticas de mortes no trânsito.

Segurança
“É o único fator que parece indicar uma mudança dramática em como as pessoas se comportam”, disse em entrevista coletiva. A morte de pedestres, em relação ao total de mortes de trânsito, têm crescido geometricamente, sendo em 2016 quatro vezes maior do que em 2010. Isso leva novamente a atenção dos pesquisadores para algum fator novo, como o uso obstinado do smartphone nas ruas, estradas e avenidas.

O aumento notável de mortes de pedestres tem atraído a atenção da National Transportation Safety Board, o painel do governo que investiga acidentes e faz recomendações de segurança. O conselho realizou um fórum sobre a segurança dos peões no ano passado, e atualmente tem uma investigação em andamento para analisar amplamente as causas das mortes.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *