NOTÍCIAS

Senai inaugura unidade modelo de Indústria 4.0

Senai inaugura unidade modelo de Indústria 4.0

by 25 de agosto de 2017 0 comments

As fábricas robotizadas, conectadas e com inteligência artificial prometem ser uma nova Revolução Industrial tão grande quanto a chegada das máquinas, do motor elétrico e da automação informatizada por computadores em rede. Não por acaso, esse movimento tem o nome de Indústria 4.0. É a quarta onda que vem para mudar modos de produção e relações de trabalho.

Disposto a preparar mão de obra e tecnologia para essa tendência, o Senai inaugurou hoje, 25 de agosto, a nova escola modelo de Indústria 4.0. A unidade funciona junto da planta de mecatrônica, em São Caetano do Sul (Grande São Paulo). A Escola Armando de Arruda Pereira foi construída de modo colaborativo, em parceria com Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ), 20 empresas, 6 startups e 2 Institutos de Ensino.

É a única escola do Sistema Senai de todo o país a ter uma planta modelo da Indústria 4.0 e se insere no conceito de “OpenLab”, que possibilita às empresas testar tecnologias e aos alunos aprender, na prática, a manufatura avançada.

Também conta com o UpLab, espaço voltado para o desenvolvimento de Startups, e dezenas de oficinas e laboratórios que ampliarão o alcance desse centro de excelência em ensino profissionalizante.

Preparar o profissional da indústria do futuro – Antenado às mudanças do mundo atual, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-SP) tem investido na modernização de suas unidades em todo o Estado para atender as demandas de uma indústria que acompanha a evolução em curso. Na nova escola de São Caetano do Sul o investimento foi de R$ 63,2 milhões.

“Cada vez mais, as empresas precisam estar preparadas para conviver com tecnologias como inteligência artificial, robótica, nanotecnologia, impressão 3D e biotecnologia”, afirma o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Senai-SP, Paulo Skaf.

Qualificação
As fábricas atuais já contam com robotização, algumas em larga utilização. O que diferenciará as linhas de produção do futuro é um novo tipo de robô, mais inteligente conectado com outros objetos também inteligentes. Com tantos avanços, como fica o futuro do emprego? – Desde o ano passado, a entidade oferece curso de pós-graduação em Indústria 4.0 na unidade de São Caetano do Sul. Ali, os alunos têm aulas práticas em uma planta construída de acordo com o conceito da indústria do futuro. E um dos objetivos é estar no centro da discussão desse processo de mudança que impactará não somente o modo de produção, mas o consumo e a organização do trabalho.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *