NOTÍCIAS

Salesforce compra empresa de marketing digital por US$ 700 milhões

Salesforce compra empresa de marketing digital por US$ 700 milhões

by 4 de outubro de 2016 0 comments

Não é mais segrego pra ninguém que muitos departamentos de Marketing das empresas estão gastando mais em tecnologia do que muita TI. De olho nesses orçamentos gordos, a Salesforce anuncia mais uma aquisição. A empresa de software na nuvem para CRM (atendimento ao cliente) e outros serviços de relacionamento pagou US$ 700 milhões pela Krux, de marketing digital.

A aquisição é apenas a mais recente de uma longa linha de compras de marketing de dados feitas por Salesforce. A marca vem conseguido desfazer-se do estigma de somente ser uma fornecedora de CRM na nuvem e tem ampliado suas ofertas no marketing com vários serviços novos. Uma tática inteligente para quem compete com Microsoft, Google, além de outras marcas tradicionais e dezenas de provedores de nicho.

Com a Kurx, a companhia expande suas capacidades de detectar comportamentos e traçar cenários para os departamentos de Marketing e Vendas gerarem leads. Assim como outras marcas, a Salesforce está reforçando também a capacidade de oferecer ferramentas de análise de dados e inteligência artificial com essa nova aquisição.

Inteligência artificial
Os usuários de produtos da Salesforce terão segmentação avançada e gerenciamento público, algo que muitos clientes estão exigindo para satisfazer as elevadas expectativas dos consumidores por experiências digitais relevantes. A Krux tinha como clientes grandes empresas de mídia e agências que utilizavam a tecnologia para coletar e cruzar dados para novas estratégias.

A Salesforce tem uma plataforma focada na inteligência artificial, chamada Einstein, que foi lançada há poucas semanas. A tecnologia da Krux deve ir diretamente para ela num primeiro momento e, a partir daí, fazer parte de outros produtos e serviços.

A Salesforce gastou mais de US$ 4 bi em aquisições nos últimos meses. Ao seu leque de ofertas juntaram-se empresas como Demandware, Quip e BeyondCore. Mas a companhia perdeu a luta para comprar o LinkedIn para a Microsoft, um negócio que ela vem levando aos tribunais para ser brecado. Recentemente, também foi colocada como uma das compradoras da rede social Twitter.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *