NOT√ćCIAS

Revolução digital: tendência para o marketing em 2017

Revolução digital: tendência para o marketing em 2017

by 17 de fevereiro de 2017 0 comments

Entender o aprofundamento da economia digital, as mudan√ßas no comportamento do consumidor, sua jornada de compra e os impactos nos neg√≥cios das empresas s√£o os objetivos do ‚ÄúFuture Focus‚ÄĚ, estudo global com grandes empresas de 120 pa√≠ses de todo o mundo, incluindo o Brasil, promovido pela iProspect, ag√™ncia de marketing digital full performance presente em 54 pa√≠ses. O estudo contou tamb√©m com a participa√ß√£o das √°reas de audi√™ncia e estrat√©gia da iProspect dos pa√≠ses em que atua, al√©m de profundo Desk Research. O ‚ÄúFuture Focus‚ÄĚ mostra que a revolu√ß√£o digital √© uma realidade nos neg√≥cios, ou seja, a din√Ęmica econ√īmico-social j√° foi alterada, tendo o mundo digital como centro dela. N√£o por acaso, uma pesquisa da MIT Sloan aponta que as empresas que j√° incorporaram essa vis√£o s√£o 26% mais eficientes que seus pares.

O presidente da iProspect Brasil, Rodrigo Turra, explica que ‚Äúem 2016, o mundo atingiu 3,6 bilh√Ķes de usu√°rios da internet, 50% da popula√ß√£o mundial. Esses usu√°rios est√£o cada vez mais conectados, principalmente por meio de dispositivos m√≥veis cada vez mais potentes e flex√≠veis. Essa constante conectividade digital criou uma nova economia, a economia digital, na qual neg√≥cios tradicionais s√£o virados pela cabe√ßa, marcas nascidas no meio digital criam novas categorias e consumidores tem expectativas cada vez mais elevadas em rela√ß√£o a produtos e marcas. Entregar crescimento e lucratividade neste contexto exigir√° das marcas uma reinven√ß√£o de suas metodologias de atua√ß√£o‚ÄĚ.

O estudo aponta que as marcas se mover√£o de um modelo de simples coleta de dados para um modelo de dados estrat√©gicos. Isso significa identificar dados confi√°veis e relevantes para o neg√≥cio e organiz√°-los continuamente e com agilidade por meio de ferramentas adequadas, retroalimentando o neg√≥cio. ‚ÄúNenhum dado espec√≠fico responde a todas as perguntas. O valor real √© extra√≠do quando, justamente, se faz as conex√Ķes corretas entre os dados dispon√≠veis‚ÄĚ, afirma Rodrigo Turra.

iprospect_futurefocus

Nesse sentido, o principal desafio √© monitorar as interconex√Ķes entre a jornada de compra on-line e off-line. O Google, por exemplo, fez grandes progressos nesta √°rea monitorando essa conec√ß√£o nos √ļltimos 18 meses. A empresa afirma ter medido mais de 1 bilh√£o de visitas a lojas que agora podem ser ligadas ao Google Adwords para dar uma estimativa de convers√Ķes e proporcionar insights sobre o comportamento do consumidor. ‚ÄúNotas digitais e cart√Ķes de fidelidade tamb√©m s√£o solu√ß√Ķes √ļteis para monitorar a interrela√ß√£o entre meios digitais e compras off-line‚ÄĚ, completa o presidente da iProspect Brasil.

O Future Focus apontou também que a tecnologia de dispositivos conectados móveis é a que mais estimula as empresas (32%), enquanto que integrar as jornadas de consumo on-line e off-line é a prioridade de negócios para 40% dos respondentes. Em termos de investimento de marketing por canais, os focos serão buscas pagas (22%) e redes sociais (18%).

Novas e criativas solu√ß√Ķes
Outra tend√™ncia identificada √© que veremos mais e mais empresas investindo em a√ß√Ķes ou metodologias de coleta de dados prim√°rios do consumidor para al√©m dos tradicionais sistemas de CRM e o tracking de navega√ß√£o de sites e aplicativos. A pr√≥pria produ√ß√£o de conte√ļdo dirigido pode ajudar as empresas a realizar a coleta de informa√ß√Ķes importantes.

O com√©rcio conversacional promete ser a nova ‚Äúonda‚ÄĚ com empresas desenvolvendo aplica√ß√Ķes para venda de produtos em aplicativos de conversa como o Whats‚ÄôUp. ‚ÄúNo exterior, j√° temos exemplos de empresas com plataformas funcionais de venda em aplicativos de conversa. J√° √© poss√≠vel comprar roupas, pedir um taxi ou delivery de comida‚ÄĚ, afirma Rodrigo Turra.

Na mesma linha, h√° uma tend√™ncia de integrar ainda mais m√≠dias com links diretos para compras. Por exemplo, o Pinterest desenvolveu uma aplica√ß√£o que permite comprar a partir de um clique na foto de um produto desejado. O Facebook e o Google est√£o desenvolvendo aplica√ß√Ķes nesta linha tamb√©m. Isso √© importante, pois de acordo com um relat√≥rio da eMarketer, at√© o fim de 2016, 43% da popula√ß√£o mundial j√° ter√° realizado alguma compra online. Com um faturamento global em 2020 de at√© US$ 4 trilh√Ķes, o e-commerce continuar√° sendo um dos segmentos com crescimento mais r√°pido na economia digital. Outra caracter√≠stica importante do e-commerce, √© que ele ser√° cada vez mais sem fronteiras, com consumidores adquirindo produtos de fornecedores em todo o mundo.

O estudo apontou, por fim, a emerg√™ncia da busca por voz ‚Äď logo as estrat√©gias de busca paga devem se adaptar a essa realidade ‚Äď, o uso mais amplo da intelig√™ncia artificial para agilizar respostas para consumidores e uma maior integra√ß√£o dos pontos de contato das empresas com seus p√ļblicos, facilitando assim o relacionamento.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Coment√°rio

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Coment√°rio Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um coment√°rio.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *