NOTÍCIAS

Receitas da Intel crescem com data center e nuvem

Receitas da Intel crescem com data center e nuvem

by 19 de outubro de 2016 0 comments

A tradicional fabricante de chips Intel está definitivamente em novos caminhos. A empresa apresentou seu balanço financeiro para o terceiro trimestre de seu ano fiscal e nele destaca-se o aumento de receita de US$ 15,8 bilhões. O aumento foi de 9%, impulsionado pelos negócios de data center e nuvem.

Por outro lado, os negócios em PC continuam mostrando dificuldades. Embora tenha havido uma procura maio pelos computadores em alguns mercados durante o último trimestre, de um modo geral há um declínio em comparação com anos anteriores, com toda a cadeia de abastecimento reduzindo estoques.

A empresa conseguiu desviar da queda desse segmento, mas o fraco desempenho total do mercado impediu um balanço geral melhor. A receita de negócios de PC tradicional da empresa, que ainda responde por mais da metade da receita total da Intel, aumentou 4,5%, para US $ 8,89 bilhões, um aumento de 5% de ano pra ano.

Novos caminhos
Foi justamente por prever o mercado esfriando para PCs que a Intel começou a apostar em outras frentes nos últimos 12 meses. Nuvem, data center, internet das coisas e novidades como o segmento de drones tiveram lançamentos e esforços da marca para desvincular-se de uma fabricante exclusiva de chips de computador.

A receita líquida da empresa de US $ 15,8 bilhões, superou a estimativa média de analistas, que apontava para US $ 15,58 bilhões. O lucro líquido subiu para US $ 3,38 bilhão, ou 69 centavos por ação, no terceiro trimestre encerrado em 1o. de outubro, saindo de um patamar de US $ 3,11 bilhão, ou 64 centavos por ação, um ano antes.

A receita do negócio de data center subiu para US $ 4,5 bilhões, um aumento de 13% sequencialmente e 10% no ano sobre-ano. Outra surpresa foi o braço de Internet das Coisas (IoT) do grupo, que trouxe US$ 689 milhões, um aumento de 20% sequencialmente nos balanços trimestrais e 19% ano após ano.

Os números devem ser um salvo conduto para a empresa em 2017. No começo de 2016, a Intel anunciou cortes drásticos de 12 mil empregados para dar mais eficiência na sua mudança de rumo. O balanço consistente e os recentes lançamentos mostram que um pedaço da empresa está ficando para a história e outro promissor está surgindo.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *