NOTÍCIAS

Proteja seus olhos (e os dos seus filhos) dos efeitos da luz azul dos smartphones

Proteja seus olhos (e os dos seus filhos) dos efeitos da luz azul dos smartphones

by 6 de junho de 2017 0 comments

Por Samir Vani*

Samir Vani

Os dispositivos móveis (representados principalmente por smartphones e tablets) estão por todos os lugares. Só no ano passado, foram vendidos mais de 1,5 bilhão de celulares inteligentes, segundo dados da consultoria Gartner.

E, apesar de todos os benefícios que oferecem aos usuários (que podem fotografar, filmar, comunicar-se com pessoas em qualquer parte do mundo, e acessar uma infinidade de serviços por meio de aplicativos), várias organizações da área da saúde alertam sobre os riscos que a recepção excessiva de luz azul, que é produzida em grande quantidade pelas luzes LED presentes nas telas dos smartphones e tablets, representam.

Os danos da luz azul à nossa saúde na questão visual já são conhecidos há alguns anos, mas, devido ao crescimento no uso desses dispositivos móveis nos últimos tempos, torna-se uma questão cada vez mais atual. De acordo com um estudo da organização não governamental norte-americana International Dark-Sky Association (IDA), com o apoio da Associação Médica Americana (AMA),“o olho humano não está preparado para lidar à curta distância com esse tipo de luz por muito tempo, principalmente se for uma emissão artificial de luz”.
Segundo levantamento realizado pela Escola de Medicina de Harvard (EUA), por exemplo, usar tablets e smartphones antes de dormir pode prejudicar o sono e ter efeitos negativos sobre a saúde. De acordo com os pesquisadores, a luz azul interfere no relógio biológico – e a deficiência de sono tem sido relacionada ao aumento do risco de doenças cardiovasculares e de enfermidades como diabetes e câncer.

Você já sentiu um cansaço visual excessivo ao ler na tela de um dispositivo móvel? Já teve dificuldades para dormir? Pois podem ser consequências da exposição a uma grande quantidade de luz azul.

Preocupados com a questão, os fabricantes de dispositivos móveis investem no estudo de formas para proteger a saúde visual dos usuários, incluindo filtros de luz amarela sobre a luminosidade azul produzida pelas telas dos smartphones.

Tecnologias como a BluLight Defender protegem a vista humana da luz azul, sem abrir mão da qualidade da imagem. E não se trata de um mero filtro amarelo sobreposto à luminosidade azul. Essa tecnologia é integrada ao hardware do chipset do aparelho e permite administrar de forma inteligente em tempo real pixel por pixel da imagem, eliminando a superexposição à luz azul a partir de sua origem.

Antes de comprar um equipamento, informe-se sobre as tecnologias e recursos de proteção que esses dispositivos oferecem para lidar com esse tipo de luz. Afinal, passamos muitas horas por dia de olho nessas telas. E, no mundo atual, não podemos abrir mão desses equipamentos. E muito menos de nossa saúde!
*Samir Vani é Country Manager da MediaTek no Brasil, empresa fabricante global de semicondutores para equipamentos como smartphones

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *