NOTÍCIAS

Polícia prende “hackers dos press releases” que lucraram meio milhão de dólares em meia hora

Polícia prende “hackers dos press releases” que lucraram meio milhão de dólares em meia hora

by 12 de agosto de 2015 0 comments

A polícia dos Estados Unidos prendeu um grupo de hackers especializado em acessar press releases de empresas antes que eles fossem comunicados ao mercado. “Este esquema internacional é sem precedentes em termos de âmbito de aplicação do hacking, o número de operadores, o número de títulos negociados e os lucros gerados foi alto”, disse Mary Jo White, presidente da Securities and Exchange Commission (SEC), em um comunicado de imprensa.

A investigação ainda está avaliando o total ganho pelo grupo. Mas já se sabe que em uma das ações o lucro dos invasores de sistema foi de meio milhão de dólares em 36 minutos. A SEC afirma que o comando do grupo era dividido entre Ivan Turchynov e Oleksandr Ieremenko. Eles roubaram informações privilegiadas antes se serem divulgadas de cerca de 150 mil releases.

As informações eram passadas para compradores na Rússia, Chipre, Malta, Ucrânia e EUA. Os hackers recebiam uma porcentagem do lucro gerado.

Mercado de ações

Press releases são comunicados oficiais das empresas que são enviados primeiramente à imprensa e ao mercado. Em geral falam de lançamentos, estratégias de negócio e, quando há ações da companhia na bolsa, eles devem trazer detalhes do que a empresa pretende fazer e que pode afetar o preço dos papéis negociados.

No mercado de ações, a informação privilegiada conseguida de forma antecipada pode mesmo dar um lucro alto. Pessoas que sabem que uma empresa fará algo que elevará o valor dos papéis podem comprar grandes volumes antecipadamente por um preço mais baixo e vender por um mais alto. E esse é apenas o esquema mais simples de ser feito.

A SEC foi rápida na divulgação das informações. O mercado de ações depende da confiança de que informações privilegiadas não serão publicadas antes do tempo ou para uma pessoa em especial.

Foram autuados mais 32 pessoas na investigação. Nove delas já eram alvo do Departamento de Justiça americano. Cinco deles já haviam sido presos anteriormente na Europa e EUA.

 

Acessse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *