NOTÍCIAS

Pesquisadores criam drone para dar segurança à internet das coisas

Pesquisadores criam drone para dar segurança à internet das coisas

by 21 de agosto de 2015 0 comments

Pesquisadores da empresa Praetorian, especializada em segurança, criaram um drone que pode detectar se há dispositivos que podem ser hackeados e invadidos. A solução, segundo comunicado da empresa, será útil para aumentar a confiabilidade da comunicação na internet das coisas (IoT).

A IoT é considerada uma tendência para os próximos anos e permite que qualquer coisa possa enviar e receber dados. Mas, na realidade, ela já está ocorrendo e de forma rápida. Dizemos “coisas” porque realmente é isso. Podem ser máquinas, eletrodomésticos ou qualquer objeto. Para isso, basta ser fabricado com poder de processamento e comunicação de dados digitais.

DronePraetorianlabs_2

Drone vasculha protocolo Zigbee e detecta se há dispositivos sem segurança na IoT

O drone sobrevoa uma determinada área e, por meio de equipamento especial, faz uma varredura nas comunicações pelo protocolo Zigbee (meio de transmissão sem fio e muito utilizado na IoT). Em determinada camada dessa transmissão, o protocolo é aberto para que um objeto fale com o outro. É aí que o drone faz a análise para descobrir se há segurança ou não. Ele também descobre o que está enviando sinal e o que está recebendo.

Um teste foi realizado em Austin, Texas (EUA) em uma área delimitada. Foram descobertos cerca de 1.600 aparelhos ligados em uma IoT. Os resultados foram direto para um mapa com estatísticas que informa também as marcas dos dispositivos. Se havia alguma dúvida se a IoT está ocorrendo, esse drone ajudou a eliminá-la.

Um dos maiores riscos da IoT é a segurança. Imagine o número de invasões de sistemas que existem hoje. Agora multiplique isso por 500, 1.000 ou 10.000 já que além de computadores, tablets e smartphones, qualquer coisa estará conectada e terá dados que podem ser roubados.

E 10 mil talvez seja um número baixo. Algo que deve ocorrer nos próximos meses em várias cidades é a adoção de lâmpadas inteligentes. Cada projeto municipal já levaria milhares de novas coisas conectadas.

O potencial do drone é realmente grande e a empresa diz que já há encomendas para ele. A Praetorian pretende montar outros voos pelos EUA. Os futuros testes serão usados para averiguar novas tecnologias que permitam cobrir uma área maior. Atualmente, a faixa de cobertura é de 30 a 100 metros.

 

Acessse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *