NOTÍCIAS

O papel do CFO como catalisador para a mudança

O papel do CFO como catalisador para a mudança

by 5 de abril de 2016 0 comments

* Por Priscila Siqueira

Os ritmos dos negócios estão mudando. Na economia global altamente competitiva, os altos executivos muitas vezes têm de usar mais de um chapéu para ajudar suas organizações a atingir seu pleno potencial. Além disso, cada vez mais esses mesmos executivos são obrigados a fazerem mais com menos. Um exemplo claro dessa realidade é o CIO, que tem de se adequar às mudanças, abordagens e filosofias fundamentalmente para remodelar o seu papel. Mas o que dizer do CFO (Chief Financial Officer)?

Considerando o pano de fundo de um ambiente econômico desafiador, os CFOs tiveram de acionar todas as alavancas imagináveis ​​ao longo dos últimos anos para controlar os custos, economizar dinheiro e manter as margens. A pressão para impulsionar a inovação e crescimento neste ambiente, juntamente com responsabilidades financeiras mais tradicionais, resultou em muitos CFOs assumindo um papel mais amplo dentro das organizações. Este papel em evolução tem posicionado o CFO como parceiro estratégico mais valorizado.

Para dar mais destaque ao assunto, a Oracle em parceria com a Accenture conduziu um estudo global intitulado “O CFO como catalisador para a mudança“, com mais de 930 CFOs entrevistados de organizações de diversos portes e continentes. Ele aponta a evolução do CFO de superintendente financeiro para estrategista empresarial e agente de mudança.

De acordo com o estudo, 71% dos executivos entrevistados têm visto o aumento do seu nível de influência estratégica ao longo dos últimos três anos. Com este dado, não estou surpresa porque muitos CFOs estão se tornando cada vez mais influentes. Por outro lado, alguns tópicos conclusivos do estudo são curiosos.

Tão interessante quanto o cenário macro, creio que os resultados mais impressionantes foram em torno do crescente papel do CFOs junto a área de Tecnologia. Esta é uma tendência parecida ao que…[LEIA MAIS]

 

Pages: 1 2

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *