NOTÍCIAS

Nuvem: avaliação do uso aprimora a estratégia

Nuvem: avaliação do uso aprimora a estratégia

by 5 de março de 2015 0 comments

Radiografia para as empresas ou uma forma de a Oracle entender ainda mais esse ambicioso mercado? A fornecedora de soluções está oferecendo, junto com a IDC, a ferramenta Cloud Benchmark Assessment. A ideia divulgada é que empresas do Brasil e da América Latina possam, por meio da solução, identificar as melhores estratégias para adoção e planejamento na plataforma da nuvem. E, ainda (claro), como essas empresas percebem a oferta da Oracle no tema.

O estudo é complementar ao white paper “Total Cloud — What Does Complete Look Like for Oracle?”, realizado pela IDC, também sob encomenda da Oracle, e que apontou os anos de 2014 e 2015 como um período de definição dos fornecedores e opção por plataformas Cloud de implementação rápida e fácil. Especialmente as baseadas em padrões dos Independent Software Vendors (ISVs) e com o modelo de Software as a Service (SaaS) como parâmetro.

“O estudo Total Cloud, desenvolvido pela IDC, proporcionou uma visão global sobre em que estágio estavam as adoções de soluções em cloud pelas empresas. Ele será de grande relevância para que a Oracle e o mercado tenham um diagnóstico detalhado sobre o atual grau de maturidade e os desafios para disseminação das tecnologias na nuvem em diversas áreas de negócios, especialmente aqueles que não são de tecnologia”, afirma Jacqueline Perez, Consultora da IDC para América Latina.

A relevância do Cloud Benchmark Assessment, acentua a Oracle, baseia-se no fato de dados recentes da IDC apontarem que 56% das empresas na América Latina já adotaram alguma solução na nuvem. O diagnóstico será repassado às companhias a seus executivos (CIOs e demais líderes de áreas de negócios) contendo recomendações dos analistas da IDC e informações sobre as soluções Oracle Cloud.

Resultados no horizonte
“As empresas participantes terão uma percepção clara sobre sua condição perante seus pares de mercado e os passos que devem percorrer para implementar e tirar o máximo proveito das soluções de cloud em seus negócios, envolvendo SaaS, PaaS e IaaS. Para a Oracle, a detalhada análise de mercado propiciará um melhor conhecimento das demandas latino-americanas e permitirá que compartilhemos informações com nossos parceiros regionais, aumentando o potencial consultivo para criar novas oportunidade de negócios e atender com mais excelência aos clientes”, completa Eduardo Lopez, vice-presidente sênior de Consultoria da Oracle para a América Latina.

A avaliação é dividida em etapas que destacam os processos das empresas quanto à adoção de diferentes soluções em cloud, além da conexão delas entre diferentes áreas e níveis de automação, com questionamentos específicos para diagnosticar o grau de maturidade da infraestrutura de TI na empresa.

A partir do primeiro levantamento, a IDC define o formulário para a segunda etapa do estudo, que consiste em levantar se a empresa dispõe de uma área de relacionamento com o consumidor, quais aplicativos adotam e as particularidades do negócio, entre outras informações. A última etapa do estudo traz questionamentos específicos sobre as tecnologias da nuvem, o grau de conhecimento do potencial das soluções, exigências de compliance, existência de restrições geográficas e de governança etc.

O diagnóstico será enviado para as empresas que participarem da pesquisa, ajudando-as a ter mais agilidade na tomada de decisões. Mas, claro, servirá – apesar de a Oracle não ter dito explicitamente – para que a fornecedora (re)conheça oportunidades de negócios em seus clientes e prospects.

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *