NOTÍCIAS

Nova CEO da GFT quer expansão internacional com “Nova TI”

Nova CEO da GFT quer expansão internacional com “Nova TI”

by 1 de junho de 2017 0 comments

A Chief Operating Officer (COO) da GFT, Marika Lulay, foi nomeada como CEO da GFT Technologies SE e assume a responsabilidade da empresa a partir de 31 de maio. O foco principal da executiva será a estratégia de crescimento da empresa, que reside na expansão internacional. Marika também guiará a companhia para conquistar clientes em tecnologias que começam a despontar como a “nova TI”. Entre elas, blockchain, projetos na nuvem, inteligência artificial e manufatura conectada (indústria 4.0).

A GFT planeja aumentar a receita do grupo para 800 milhões de euros até 2020. Para atingir esse objetivo, Marika planeja fortalecer a colaboração internacional entre todas as unidades operacionais da empresa. Como parte de uma iniciativa chamada Roadmap 2020, a empresa irá gerar crescimento orgânico e inorgânico. Haverá aquisições direcionadas, especialmente na América do Norte e na América do Sul a fim de impulsionar a inovação e expandir a presença da empresa nessas regiões.

Marika Lulay sucede Ulrich Dietz, que agora assume o Conselho de Administração, após 30 anos à frente da companhia de TI especializada no setor financeiro. “O sucesso dos últimos anos confirma que estamos seguindo a estratégia correta, não apenas para consolidar nossa posição como uma especialista líder e inovadora da indústria, mas também para impulsionar o crescimento internacional em todos os mercados”, afirma ela.

Um Conselho Executivo do Grupo foi integrado à estrutura administrativa da GFT para reforçar a presença internacional da empresa e fortalecer a colaboração. O novo conselho é formado por Marika Lulay, Dr Jochen Ruetz, Alfio Puglisi, que é managing director da GFT Itália, e Carlos Eres, managing director da GFT Espanha. O objetivo do novo Conselho Executivo do Grupo é aumentar o escopo do corporate management e estabelecer uma perspectiva mais internacional.

Dentro das responsabilidades das quatro divisões da empresa – Estratégia e Mercados (Marika Lulay), Desenvolvimento de Negócios Globais (Alfio Puglisi), Delivery Global e Inovação (Carlos Eres) e Serviços Corporativos (Dr. Jochen Ruetz), os membros do Conselho Executivo do Grupo devem avançar com a estratégia de negócios global.

Tecnologias de foco
Os principais bancos internacionais e companhias de seguros procuram a GFT por sua competência em TI e em serviços de consultoria para solucionar diversos e complexos desafios de negócios. Sob a liderança da nova CEO, áreas serão adicionadas ao portfólio existente, destacando os campos de blockchain, migração na nuvem, inteligência artificial e indústria 4.0. Em particular, as tecnologias blockchain e as aplicações derivadas e relacionadas a elas são uma grande oportunidade para os bancos oferecerem aos clientes novos e inovadores serviços, além de trabalhar recentes modelos de negócio.

A GFT opera uma incubadora blockchain no Reino Unido para testar uma variedade de cenários de aplicação e já embarcou no primeiro projeto colaborativo com o Royal Bank of Scotland. Em cloud, a empresa reforçará a mensagem de que essa é uma maneira acessível e eficiente para estabelecer um novo cenário de TI.

A companhia também aposta na inteligência artificial para transformar o setor bancário e de seguros ao longo da próxima década. O setor de bancos de varejo tem acesso a grandes quantidades de dados não estruturados, tais como as informações de clientes, que atualmente não estão sendo usadas corretamente e, ao usar métodos bancários cognitivos baseados em sistemas de autoaprendizagem, esses dados podem ser processados e organizados para gerar hipóteses, ponderadas com suas probabilidades, que ajudam na tomada de decisão.

As interfaces de pagamento também estão se tornando cada vez mais importantes no campo da manufatura conectada. A Indústria 4.0 significa que todos os setores da indústria agora têm que oferecer processamento de transações financeiras orientado ao cliente. O potencial oferecido por este mercado é enorme. A GFT irá trabalhar para integrar transações financeiras na cadeia de suprimentos de indústrias tradicionais no futuro. Isso também fortalecerá o foco da empresa no setor manufatureiro, permitindo assim que a GFT acesse novos grupos de clientes.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *