NOTÍCIAS

Mesa de ping-pong funciona com música, no ritmo do seu jogo

Mesa de ping-pong funciona com música, no ritmo do seu jogo

by 17 de outubro de 2016 0 comments

As pessoas ouvem música para tudo hoje em dia. Elas colocam seus fones de ouvido e fazem de qualquer atividade algo com uma trilha sonora de gosto pessoal. E a tecnologia tem muito a ver com esse comportamento. Um estudo recente mostra que 80% de quem possui smartphone acessam serviços de rádio ou streaming para ouvir seus artistas preferidos. É comum trabalhar, estudar, passear e fazer atividades físicas com sua batida preferida nos ouvidos. Mas e se a música seguisse o seu ritmo?

Pensando nisso, o designer inglês Mark Wheeler criou a Ping Pong FM, uma mesa para tênis de mesa que toca música de acordo com o andamento de cada partida. Os jogadores escolhem uma faixa e começam a jogar. Se o jogo é aquele marasmo de iniciante nesse esporte, a mesa toca a faixa em compasso mais lerdo. Se os jogadores são hábeis, a música vai acelerando até onde for possível.

Sensores nas raquetes captam o impacto e transformam em ritmo

Sensores nas raquetes captam o impacto e transformam em ritmo

Dá pra praticar tênis de mesa ao seu ritmo, seja ele um canção de amor, um rap, um extremo, rápido e violento punk rock ou fritar como se você estivesse no auge de um show de música eletrônica. Mas se um jogador erra, a música some, o que dá uma sensação de se ter perdido algo muito mais interessante do que a jogada. É como se, numa festa animada por um karaokê, tudo apagasse de repente.

Projeto sobre comportamento
O projeto de Wheeler surgiu de um trabalho sobre a importância da música nas atividades rotineiras das pessoas. O designer construiu o aparato para ver como se daria essa interação fora dos fones de ouvido e os resultados da interação com a música se ela realmente seguisse o ritmo das pessoas.

A Ping Pong FM funciona com sensores que captam o movimento da bolinha. Após diversas abordagens, descobriu-se que o melhor reflexo da partida se daria no ritmo do contato da bola com a raquete. Um app capta os movimentos de impacto e transforma isso em batidas por minuto (bpm). É algo bem conhecido dos Djs, que costumam mudar a rotação dos discos para encaixar uma música na outra ou gerar uma reação mais energítica do que a faixa original proporcionaria às pessoas na pista de dança.

O sistema foi construído com Arduino, um mini computador poderoso que agrada muito aos engenheiros criativos e comunidade do software aberto. Na tela, aparecem animações que correspondem ao ritmo do jogo. Tudo é feito com open software.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *