NOTÍCIAS

Mercado brasileiro de TI cresce 6,7% em 2014 e US$ 60 bilhões

Mercado brasileiro de TI cresce 6,7% em 2014 e US$ 60 bilhões

by 8 de maio de 2015 0 comments

A indústria brasileira de TI movimentou US$ 60 bilhões em 2014, com crescimento de 6,7% em comparação com o volume de negócios registrado em 2013. Desse montante, US$ 25,2 bilhões foram gerados pelo setor de software e serviços, sem exportações. Com esse resultado, o Brasil está posicionado em 7º lugar no ranking mundial de TI e na colocação em  investimentos no mercado de tecnologia na América Latina, com 46% desse segmento que somou US$ 128 bilhões no ano passado.

Os dados fazem parte do “Estudo sobre o Mercado Brasileiro de Software e Serviços 2015, realizado pela IDC e apresentado Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes) durante o seminário “Governo e o Setor de TI – Garantia de Inovação, Produtividade e Segurança”, realizado esta semana em Brasília.

Ao considerar isoladamente o mercado de software, o faturamento atingiu no ano passado a marca de US$ 11,2 bilhões, sem exportações. Já o setor de serviços registrou valor na ordem de US$ 14 bilhões em 2014.

De acordo com a pesquisa da IDC o mercado brasileiro de software e serviços é liderado por micro e pequenos negócios, com participação de 45,62% e 49,02%, respectivamente. Os empreendimentos de médio porte tem representação de 4,33% e os grandes apenas 1,03%.

O estudo também trouxe a distribuição de gastos de TI no País. O Sudeste foi a região com maior participação total nos investimentos em hardware, software e serviços, com 60,67%. O Centro-oeste registrou 10,9% de participação; Nordeste 10,1% e o Sul 14,53%. Já o Norte do país foi o que menos investiu no setor, com um percentual de 3,7%.

Segundo o estudo da IDC, o mercado de TI no Brasil, incluindo hardware, software e serviços, cresceu 6,7%. Em 2014, foram dispendidos, mundialmente, US$ 2,09 trilhões em TI. No ranking mundial, o Brasil se manteve na 7ª posição, com investimentos na ordem de US$ 60 bilhões, 3% do mercado mundial. Os Estados Unidos mantiveram a liderança com 679 bilhões de dólares. Já a China superou o Japão com US$ 201 bilhões e se posiciona em 2º lugar no ranking.

A pesquisa aponta que o número de computadores instalados no Brasil chegou a 69,9 milhões, em 2014. O mercado brasileiro de TI também contava com 120 milhões de usuários de Internet no ano passado.

De acordo com as tendências citadas no estudo, a receita total com serviços de telecom, que incluem soluções móveis e custos de profissionais para redes corporativas, alcançará US$ 104 bilhões, em 2015. O uso de ferramentas móveis chegará a 1/3 dos funcionários de empresas médias e grandes.

Mobilidade e nuvem
Já as vendas de tablets, smartphones e computadores somados representarão 45% dos investimentos em TI no Brasil, em 2015. O estudo ainda prevê uma ampliação do mercado de segurança devido ao avanço do cloud computing, chegando a US$ 117 milhões no Brasil, neste ano. Infraestrutura e serviços para nuvem terão crescimento superior a 50% do mercado de rede pública no Brasil, em 2015.

Nas tendências apontadas, a Internet das Coisas (IoT) ganha visibilidade com a previsão de mais de 130 milhões de “coisas” conectadas no Brasil e, aproximadamente, metade da América Latina.

Outro ponto citado está relacionado ao desenvolvimento voltado à Terceira Plataforma: “Application Development” e “Deployment” seguirão acelerados, em 2015, chegando a US$ 1.344 milhões. Já Business Intelligence e Analytics devem atingir US$ 788 milhões, em 2015.

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *