NOTÍCIAS

GM quer usar inteligência artificial em e-commerce dentro dos carros

GM quer usar inteligência artificial em e-commerce dentro dos carros

by 26 de outubro de 2016 0 comments

Se você tinha dúvidas que o carro se transformou em um smartphone sobre rodas, preste atenção nesse projeto da GM, em parceria com a IBM. A montadora quer usar inteligência artificial dentro de sua tecnologia embarcada para que o veículo vire uma plataforma de e-commerce. Assim, enquanto o motorista dirige, ele pode já reservar um quarto na próxima cidade ou adiantar o delivery da janta, já que o trânsito das cidades está absolutamente terrível ultimamente.

Quem acompanha as evoluções tecnológicas das duas parceiras no projeto já deve ter imaginado que isso só seria possível com o IBM Watson apoiando o OnStar. E é isso mesmo. A tecnologia embarcada da GM terá atualizações que farão ela trabalhar direto com o supercomputador respondedor da gigante de tecnologia.

O Watson é uma super máquina diferente. Em vez de fazer zilhões de cálculos por décimos de segundo para se chegar a um resultado, como a maioria dos supercomputadores, ela traça zilhões de parâmetros para encontrar uma resposta adequada a uma pergunta. Resumindo, você não cria uma equação com o Watson, apenas faz uma pergunta pra ele.

Não há muitos detalhes sobre o projeto. A GM apenas diz que isso facilitará a vida do motorista e deixará ele mais perto de suas marcas favoritas. No entanto, ela dá algumas pistas de como isso pode ser feito. Uma delas é que o carro avise que está com pouco combustível, quando o motorista perguntar qual a melhor opção (se ligar um modo de economia ou se tem como chegar no posto) o sistema inteligente responderá algo como “tem um posto Exxon ou Mobil há poucas quadras daqui, siga as dicas do GPS”.

As duas bandeiras já são dadas como certas no projeto. E o carro com inteligência artificial parece que será esperto o bastante para não indicar um concorrente, a menos que seja um caso de extrema necessidade.

Outra situação é fazer pagamentos diretamente de dentro do carro, com apenas comandos de voz, com cartões Mastercard (outra parceira). Outra ainda, seria avisar que o motorista precisa comprar vinho pelo caminho porque marcou um encontro íntimo logo mais. Assim, não precisa sair de casa logo após estacionar porque esqueceu a bebida e enfrentar aquele trânsito terrívelnovamente.

Dividindo os ganhos
GM e IBM dividirão os ganhos de receita com o projeto. Não há detalhes de como os parceiros participarão e qual a taxa para fazer parte das “dicas” do carro. A montadora também evitou entrar em questões de privacidade e propriedade dos dados coletados. Apenas adiantou, e isso é bem importante, que a inteligência do veículo será toda em opt-in (opção que você escolhe se quer ou não).

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *