NOTÍCIAS

Gartner indica como desenvolver negócios digitais

by 28 de setembro de 2015 0 comments

A visão do Gartner será fornecida no maior evento mundial do Gartner para CIOs e executivos de tecnologia de 19 a 22 de outubro (SP)

 

O Gartner, Inc. informa que, na era do negócio digital, as empresas devem desenvolver pessoas, negócios, soluções e tecnologias de qualquer canal usadas em qualquer lugar. Essas práticas serão apresentadas em detalhes durante o Symposium/ITxpo 2015, o maior e mais importante evento mundial do Gartner para CIOs e executivos de tecnologia, que terá sua edição brasileira de 19 a 22 de outubro (segunda a quinta-feira), no Sheraton São Paulo WTC Hotel. O simpósio reunirá cerca de 2.000 profissionais da área, incluindo 450 CIOs, e 40 analistas do Gartner.

Segundo a Vice-Presidente e Analista Distinta do Gartner, Betsy Burton, a visão do Gartner pode ser acompanhada por meio das explicações abaixo que permitem a criação de um negócio digital seguro, ético e em escala:

 

Como o digital transforma o desenvolvimento de negócios – As empresas se adaptam continuamente à desestruturação das tecnologias digitais, e os CIOs e as organizações de TI devem fazer o mesmo. Os arquitetos corporativos precisam mudar e se adaptar à desestruturação digital, adotando um novo conjunto de práticas e competências para reformular a Arquitetura Corporativa (Enterprise Architeture – EA), para continuar adicionando valor, oferecendo resultados e liderando mudanças nos negócios e na tecnologia da era digital. O principal escopo da Arquitetura Corporativa inclui pessoas, processos, informação e tecnologia da empresa. Porém, as relações dos profissionais de Arquitetura Corporativa podem ser influenciadas:

De dentro para fora – Perspectiva interna tradicional, focada em como orientar pessoas, processos, informação e tecnologia. Resulta na entrega de valor operacional indiretamente para os negócios.

De fora para dentro – Significa fornecer valor de negócios a clientes, eleitorado, parceiros e interessados para determinar mudanças e impulsionar resultados.

De fora para fora – Tem início fora da empresa, com clientes, parceiros e concorrentes conhecidos, com ações direcionadas a clientes, parceiros e demais interessados. O foco está além do alcance imediato das organizações que impulsionam a mudança e a inovação.

Nenhuma organização irá operar usando somente uma perspectiva, mas sim uma combinação delas. A mudança fundamental é que as organizações se moverão principalmente em direção a uma visão mais ampla do ecossistema da Arquitetura Corporativa.

 

Como a Arquitetura Corporativa favorece novas oportunidades de negócios digitais – Os arquitetos corporativos influenciam atividades essenciais de tendências tecnológicas e de negócios emergentes, tais como Big Data, Internet das Coisas (IoT), Mobilidade, Segurança, Nuvem e Tecnologia Operacional (TO). Para isso, os arquitetos corporativos devem abraçar e compreender os aspectos que tornam essas tendências tecnológicas exclusivas. É importante notar que todas essas tendências-chave têm impacto sobre os negócios e a tecnologia. Os arquitetos corporativos devem focar em desenvolver informação, negócios, tecnologia e soluções para toda a empresa fornecer resultados. Além disso, os profissionais de Arquitetura Corporativa devem garantir que eles estejam dedicando tempo e recursos para envolver, integrar e liderar perspectivas de desenvolvimento emergentes (como arquitetura de segurança, IoT e Nuvem), como parte de um esforço geral e abrangente da Arquitetura Corporativa.

 

Como profissionais de Arquitetura Corporativa podem liderar inovações – O segredo é mudar o foco para o seu ecossistema de negócios e responder às mudanças de pessoas, negócios e soluções. Os arquitetos corporativos que não repensarem radicalmente sua visão tradicional de parceiros, clientes e concorrentes, de forma a incluir pessoas, negócios e soluções conhecidas e desconhecidas, impedirão que a sua organização seja capaz de criar e responder às oportunidades de negócios. Para sobreviver e prosperar na era digital, os arquitetos corporativos devem ampliar a perspectiva de atuação dos seus negócios. Essa é a única maneira de otimizar oportunidades e evitar ameaças causadas por eventos e mudanças de comportamento.

 

O Gartner Symposium/ITxpo 2015 oferece aos CIOs e executivos estratégicos de TI um direcionamento estratégico sobre como dominar as mudanças tecnológicas neste momento decisivo, no qual é preciso adaptar-se à nova onda digital que arrebata o mercado. Mais informações estão disponíveis no site: gartner.com/br/symposium.

 

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *