NOTÍCIAS

Ford premia aplicativo móvel para seguradoras na Campus Party

Ford premia aplicativo móvel para seguradoras na Campus Party

by 10 de fevereiro de 2015 0 comments

A Ford lançou o desafio de criar aplicativos para smartphones, usando a sua plataforma de conectividade Sync AppLink, com comandos de voz, na maratona (de 24h) de desenvolvimento, o Hackathon Ford, na feira de tecnologia Campus Party – realizada entre os dias três e oito de fevereiro, em São Paulo.

Segundo a montadora, foi a primeira iniciativa do gênero promovida por uma fabricante de automóveis no Brasil. Daniel Scocco, vencedor anunciado no dia seis de fevereiro, ganhou um Novo Ka, prêmio concedido pela Ford. Ele criou um aplicativo que registra o perfil do motorista, por meio de relatórios, para as companhias de seguro, batizado de Bom Motorista. A ferramenta permite registrar várias informações do carro como velocidade média, pressão no pedal do acelerador, pressão no pedal do freio e distância percorrida.

De acordo com a Ford, o aplicativo oferece uma base mais real de avaliação de risco do que a feita apenas com dados genéricos, favorecendo os bons motoristas com custo menor de apólice.

Quem é o vencedor
Scocco, de 31 anos, sócio de uma pequena empresa de aplicativos, conta que a ideia surgiu de uma conversa com o pai. “É uma preocupação que todo motorista tem, principalmente os mais jovens. Muitas pessoas gostaram da ideia e agora vamos continuar o desenvolvimento para tirá-la do papel.”

Além do vencedor, outros quatro projetos selecionados como finalistas darão aos seus criadores o direito de ficar com um Novo Ka durante uma semana para aprimorar os testes de seus aplicativos.

“Quero parabenizar e agradecer a todos que participaram dessa maratona. A parceria com os desenvolvedores de tecnologia é um dos pilares da estratégia da Ford para a criação de novas soluções que nos permitirão construir o futuro da mobilidade”, disse Steven Armstrong, presidente da Ford América do Sul.

A maratona contou com 50 pessoas inscritas e 30 projetos. O regulamento previa participações individuais ou em duplas. O interessante é que os desenvolvedores mantêm todos os direitos comerciais sobre os aplicativos criados e poderão negociá-los com as lojas oficiais das principais plataformas móveis do mercado.

“Mesmo os aplicativos que não ficaram entre os finalistas poderão se tornar produtos viáveis no mercado. De maneira geral, posso dizer que pelos menos dez dos apresentados eu gostaria de ter no meu carro”, disse David Borges, responsável pela área de Soluções de Conectividade da Ford na América do Sul.

Conheça os projetos finalistas
2º – Car Data Applet: sem ser propriamente um aplicativo, ele fornece uma biblioteca de programação com recursos que facilitam a criação de novos aplicativos para o AppLink.

3º – Meu Filho: o aplicativo informa ao pai, à mãe ou à família se a criança já chegou, está a caminho ou foi buscada na escola, com interface para web e celular. Um dispositivo mostra a mesma informação na escola. Pode ser aplicado também para outros fins, como rastreamento de entrega de produtos.

4º – Quero Esta: quando o motorista está ouvindo música, se gostar de alguma basta dizer por comando de voz “quero essa” para ela ser salva no seu Dropbox ou, se for o caso, ficar marcada para compra.

5º – Dorob: permite ao motorista comandar aparelhos eletrônicos de casa, como ar-condicionado, cafeteira, alarme e outros, preparando a residência para a sua chegada ou desligando equipamentos depois de sair.

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *