NOTÍCIAS

Facebook muda para evitar manchetes “caça-cliques”

Facebook muda para evitar manchetes “caça-cliques”

by 4 de agosto de 2016 0 comments

A rede social Facebook mostrou mais uma arma em sua luta contra o conteúdo fraco ou completamente falso. A Linha do Tempo dos usuários (timeline) receberá um upgrade no algoritmo que filtrará manchetes sensacionalistas e mentirosas. Títulos como “você não vai acreditar quando…”, “…o que aconteceu depois irá te surpreender…”, etc estão com os dias contados.

Os exageros desse tipo nas manchetes caça-cliques (clickbait) têm sido uma praga na rede social. Criadores de conteúdo e editores descobriram que as pessoas são sensíveis a esses tipos de títulos e clicam mesmo sem refletir se são ou não verdadeiras. Como em geral não correspondem ao que anunciam, esses conteúdos geram uma certa descrença na rede social, algo que impacta diretamente o negócio do Facebook.

Reação em cadeia
A empresa divulgou a atualização em seu blog. Não é a primeira vez que a rede tenta eliminar esse tipo de textos enganosos. Em 2014 houve uma alteração no algoritmo para o mesmo fim. Mas não foi suficiente. Os usuários clicavam mesmo assim e isso gerava uma reação em cadeia. A epidemia de clickbait estava fazendo com que, inclusive, editores que não trabalhavam com esse tipo de título passassem a usá-lo para poder aparecer.

A nova atualização é baseada no comportamento dos editores, em vez de os usuários. O Facebook analisou dezenas de milhares de manchetes consideradas “clickbait” e separou as que realmente tinham algum conteúdo condizente daquelas que apenas eram usadas para enganar o leitor.

Os criadores de conteúdos e editores que usarem as consideradas enganosas serão penalizados com baixa cotação na rede. Com isso, sua capacidade de angariar cliques e influenciar leitores diminuirá ao longo do tempo. A atualização devem também atingir diretamente ofertas comerciais exageradas.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *