NOTÍCIAS

Evento da Salesforce faz sucesso com crachás para todos os gêneros

Evento da Salesforce faz sucesso com crachás para todos os gêneros

by 6 de outubro de 2016 0 comments

A Salesforce, de software na nuvem para Atendimento ao Cliente e Marketing, vem se posicionando fortemente para a igualdade de gêneros e diversidade dentro da companhia. Para deixar isso claro, a empresa adotou crachás alternativos para seu principal evento, o Dreamforce, que realiza-se de 4 a 7 de outubro, em San Francisco (EUA). As pessoas podem escolher entre “She/Her,” “He/Him,” “They/Them,” ou “Ask me”.

A repercussão foi imediata entre os congressistas, que imediatamente saudaram a atitude da empresa com fotos e comentários nas redes sociais

Os pronomes pessoais do caso reto e oblíquo (se fossem em português) que indicam gênero foram impressos em etiquetas autoadesivas que eram coladas aos crachás com os nomes dos participantes da conferência. O objetivo, além de mostrar que a empresa está abraçando a causa da diversidade, era o de encorajar tanto os congressistas como os atendentes do evento a mudarem de atitude no simples trato com a pessoa.

Todos os procedimentos do evento que envolvem esses tratamentos estão respeitando a nova regra. Até mesmo as bolsas para os participantes guardarem material e folhetos estão com a identificação alternativa. Há também banheiros de gênero neutro, além dos comuns para homens e para mulheres.

Uma das palestras do evento da Salesforce mostra benefícios em números da diversidade

Uma das palestras do evento da Salesforce mostra benefícios em números da diversidade

Política de cima
Os esforços para a diversidade e igualdade de gêneros na Salesforce são conhecidos. Essa é uma bandeira do CEO Marc Benioff, que não tem medido esforços (e investimentos em dinheiro) para uma cruzada nos estados americanos que possuem leis discriminatórias contar público LGBT. Ele destroçou esforços de políticos conservadores nos estados de Indiana e Georgia e conclamou outros executivos a boicotarem negócios em locais que fazem qualquer distinção de gênero.

Além disso, possui uma das mulheres mais poderosas do mundo da TI na luta pela igualdade. Cindy Robbins, que comanda o RH, mas tem o título mais abrangente de Global Employee Success, tem verba e poder para igualar salários dentro da empresa e iniciar ações como a dos crachás do evento.

O Dreamforce 2016, reúne clientes e parceiros da Salesforce de 83 países, com 171 mil participantes registrados e mais de 15 milhões de espectadores on-line durante a semana.

Salesforce gasta US$ 3 mi para acabar com diferença salarial de mulheres

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *