NOTÍCIAS

Contra abuso infantil, hacker vigilante derruba parte da dark web

Contra abuso infantil, hacker vigilante derruba parte da dark web

by 6 de fevereiro de 2017 0 comments

Um hacker tirou do ar sites que exibiam ou comercializavam pornografia infantil na dark web – lado obscuro da internet. O ataque ocorreu durante último final de semana e atingiu cerca de 20% dessa parte obscura da internet que só é acessada com softwares específicos e contém muito material ilegal, ligações com criminosos e manuais de invasões.

Foram desligados mais de 10 mil websites da dark web, que eram coordenados por uma infraestrutura nominada Freedom Hosting II. O hacker diz ter tomado a decisão de agir após verificar que a Freedom Hosting II exibia regras que não eram tolerados materiais de pornografia infantil ou qualquer abuso de crianças, mesmo assim, estava cheia de conteúdo desse tipo.

Os sites contidos nessa estrutura são calculados como sendo um total de 20% de toda dark web. Todos os endereços atacados exibiram uma mensagem que relata a ação e os motivos que levaram a ela. O texto ainda exibia um aviso para que outros administradores de infraestruturas da dark web tomassem medidas contra a pornografia infantil ou seriam os próximos alvos.

Além de derrubar os sites, o hacker copiou dados sobre os negócios efetuados com material ilícito e publicou essas informações para o público geral. Há, inclusive nomes, endereços de e-mails e indicações do que foi negociado.

O hacker que iniciou a ação de protesto alega fazer parte de uma das células do Anonymous, um grupo disperso de ativistas digitais que fazem ações organizadas por diversos motivos políticos e sociais.

A ligação ainda não foi confirmada. Há também a possibilidade de o ataque ter sido feito por mais de um hacker. Mas não seria a primeira vez que o Anonymous ataca a dark web por causa de pornografia infantil. Em 2011, o mesmo tipo de ataque, com os mesmo motivos, derrubou outros milhares de sites na parte obscura da web.

Crime e liberdade
A dark web é uma parte da internet gráfica que conhecemos, mas ela fica escondida dos programas comuns de nevegação. Seu funcionamento é diferente e os navegadores, programas de e-mails e mensagens comuns não sabem identificar o conteúdo colocado lá. Por ter essa característica, a dark web é muito usada por criminosos e hackers ligados a atividades ilícitas. Contudo, essa falta de leis também acaba sendo a única maneira de divulgar notícias entre pessoas que vivem em países totalitários e com a internet vigiada por governos.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *