NOTÍCIAS

Após posse de Trump, como seguir os Obama nas redes sociais?

Após posse de Trump, como seguir os Obama nas redes sociais?

by 20 de janeiro de 2017 0 comments

Sai Obama, entra Trump. A mudança de mãos no governo da maior potência econômica e, por que não, midiática do mundo também causará alterações nas redes sociais. Em um mundo no qual a comunicação instantânea se tornou uma arma para divulgar ideias, conseguir apoio e fazer política, a passagem de cargo na Casa Branca pode gerar um movimento inédito de migração de seguidores na Internet.

Donald Trump, o 45o. Presidente dos Estados Unidos, toma posse nesta sexta-feira, 20 de janeiro. Com a chegada ao poder, o vencedor das eleições passa a assumir também as contas oficiais da comunicação digital do governo americano, como a famosa @POTUS, do Twitter (POTUS é um acrônimo para president of the United States). O mesmo ocorre com a @FLOTUS (first lady of the United States). Ambas passarão para Trump e Melania, sua mulher.

Todas as contas oficiais do governo que são referentes ao presidente americano e sua família mudarão de dono. É o caso também de perfis do Snapchat, Flickr, YouTube, Medium e Tumblr.

Quem quiser seguir os Obama não precisa ficar desesperado. Mostrando uma organização que deveria ser seguida por outros governos e empresas, a ainda atual administração da Casa Branca publicou um guia para isso. Já está tudo definido. Barack, Michelle e até mesmo o vice Biden estão com contas próprias criadas. No Twitter, por exemplo, serão @BarackObama e @MichelleObama.

As principais contas dos Obama nas redes sociais serão:
@BarackObama -Twitter
Facebook.com/BarackObama
Instagram.com/BarackObama

@MichelleObama -Twitter
Instagram.com/MichelleObama
Snapchat: MichelleObama
Facebook.com/MichelleObama​

Governança exemplar com acervo
A Casa Branca destaca que foi tomado todo o cuidado para preservar o acervo publicado pelas contas presidenciais enquanto Obama era o usuário. Tudo que foi publicado será parte do arquivo nacional americano – National Archives and Records Administration (NARA). Tudo ainda ficará disponível nas próprias plataformas. O que foi escrito por Obama no Twitter, por exemplo, estará acessível por qualquer pessoa na conta @POTUS44.

A eleição americana foi acirrada e a polarização política, não só nos EUA mas do mundo inteiro, deve fazer com que vários seguidores deixem as contas agora assumidas por Trump e passem a acompanhar os Obama nas redes sociais. O guia completo emitido pela Casa Branca pode ser acessado nesse link.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *