NOTÍCIAS

Como o chatbot pode ser um aliado nas datas sazonais

Como o chatbot pode ser um aliado nas datas sazonais

by 6 de agosto de 2019 0 comments

Por Cassiano Maschio *

Os lojistas têm nas datas sazonais um apoio para aquecer as vendas, seja no e-commerce ou na loja física. A busca por presentes é sempre um fator positivo e, no Dia dos Pais, não poderia ser diferente, já que é uma das principais datas comerciais do ano.

Em 2018, as vendas foram as melhores dos últimos seis anos e, no e-commerce, perdeu apenas para o Dia das Mães, segundo dados coletados pelo Think With Google. Para 2019, a expectativa é que 38% dos consumidores gastem mais em comparação ao ano passado. Uma oportunidade real de aumentar as vendas.

Para aproveitar ao máximo essas datas, os lojistas precisam deixar o seu negócio bem preparado, principalmente nessa reta final. Para isso, deve estar munido de estratégias e artifícios para atrair os consumidores e fechar as compras dos presentes, fazendo os departamento de TI, vendas, marketing e logística trabalharem juntos.

Com a proximidade do Dia dos Pais, para quem conta com um chatbot no atendimento aos clientes, é muito importante alimentá-lo de forma integrada, fazendo com que ele tenha informações de produtos, valores, estoque, como funciona a troca ou o frete.

Ele precisa ser munido de informações de todas as áreas. Desde o passo a passo de utilização do e-commerce à reclamação do produto comprado.

O assistente virtual também deve estar preparado para responder perguntas, ser vendedor e surpreender o consumidor. Você pode programar o seu bot para fazer perguntas selecionadas para a data, como:

Já comprou o presente do seu pai?;

Quer olhar uma seleção de produtos com frete grátis?;

Seu pai é mais tradicional ou moderninho?;

Seu pai prefere praia ou serra?;

Que tal uma passagem aérea?

O consumidor pode interagir com o robô por meio de respostas de múltipla escolha. Assim é possível programar um mapeamento de respostas e perguntas conforme as escolhas do usuário para ajudar nesse diálogo, promovendo o engajamento do consumidor com a marca e, quem sabe, até fechando um negócio, acessando apenas o chatbot.

As marcas não estão sugando dos seus robôs de atendimento tudo que eles podem oferecer. Ele não precisa ser apenas um buscador de respostas, mas pode ser um ótimo vendedor, conselheiro e resolvedor de problemas.

Seu uso pode ser otimizado principalmente nas datas comemorativas mais comerciais, bem alimentada para cativar o consumidor e levá-lo a uma nova experiência de compra.

 

* Cassiano Maschio é diretor comercial da Inbenta no Brasil

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *