NOTÍCIAS

Atividade Industrial recua em julho

Atividade Industrial recua em julho

by 2 de agosto de 2017 0 comments

As indústrias não passam por bom momento no Brasil. Dois índices divulgados ontem mostram a falta de fôlego de empresas desse setor para movimentar a economia. O Índice GS1 (Associação Brasileira de Automação )de Atividade Industrial voltou a recuar em julho de 2017, após resultado positivo no mês anterior. Na comparação com junho, para os dados livres de efeitos sazonais, foi registrada queda de 6,4%, enquanto na comparação com o mesmo mês de 2016 foi registrado recuo de 8,2%. Se considerarmos a média do acumulado nos sete primeiros meses de 2017, o indicador está em nível 14% inferior a 2016.

O faturamento da indústria brasileira também caiu. O dado mostra 2,4%, de acordo com a Confederação Nacional da Indústria (CNI). As horas trabalhadas na produção tiveram uma queda de 1,3% e a utilização da capacidade instalada recuou 0,4 ponto percentual em junho na comparação com maio, nas séries livres de influências sazonais. As informações são da pesquisa Indicadores Industriais de junho, divulgada pela confederação, nesta terça-feira, 1º de agosto.

De acordo com a pesquisa da CNI, o emprego na indústria diminuiu 0,2%, a massa real de salários subiu 0,7% e o rendimento médio real do trabalhador aumentou 1,6% em junho frente a maio, na série de dados dessazonalizados. “Embora o prolongado período de queda da atividade e da piora do mercado de trabalho tenha ficado para trás, os Indicadores Industriais ainda não mostram recuperação”, observa a CNI.

O moderado otimismo igualmente aparece na análise da GS1, que aponta que apesar dos resultados ainda negativos na comparação ano contra ano, as taxas de variação do indicador parecem estar se estabilizando nos últimos meses, o que pode ser um indício de melhores resultados para o restante do ano. “Mesmo com alguma instabilidade no processo de recuperação, fruto do momento político-econômico complexo, houve uma evolução consistente do Índice GS1 de atividade do início do ano até agora, se considerarmos os dados livres de sazonalidade. Esperamos que esta evolução continue a ocorrer, seguindo a melhora das condições econômicas”, aponta Virginia Vaamonde, CEO da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *