NOTÍCIAS

Ataque de hackers ao Yahoo vaza dados de 500 milhões de internautas

Ataque de hackers ao Yahoo vaza dados de 500 milhões de internautas

by 23 de setembro de 2016 0 comments

O fim do Yahoo não está sendo digno de quem foi símbolo de uma fase áurea da internet. A empresa foi comprada recentemente pela companhia de telecomunicações Verizon. Em vez de ser lembrada pelo que representou para o mundo digital, o Yahoo pode ficar marcado por ter tido o maior vazamento de informações de internautas da história. A empresa confirmou, nessa quinta-feira, 23 de setembro, que hackers invadiram os sistemas e roubaram dados de 500 milhões de usuários.

A brecha de segurança foi usada no final de 2014 por hackers, aparentemente bem conscientes do que estavam fazendo. Uma investigação interna da empresa aponta para grupos patrocinados por algum governo. Suspeita que é realmente só da própria empresa, por enquanto, e está sendo encarada com certo ceticismo por especialistas.

Hackers estrangeiros tem sido notícia nos Estados Unidos por conta de vazamentos de e-mails e informações dos candidatos á presidência em uma disputa acirrada. Tanto Hillary Clinton, democrata, quanto Donald Trump, republicano, tiveram problemas com hackers – ao que tudo indica, russos.

Bob Lord, executivo do Yahoo, foi quem emitiu a nota oficial citando os hackers “patrocinados por governos”. Segundo ele, não há “evidência que os grupos organizados estejam ainda no sistema da companhia”. O FBI está investigando o caso. A Verizon, por sua vez, disse que não sabia do vazamento na época da compra e só tomou conhecimento no começo dessa semana. Conforme avancem essas investigações, o negócio corre o risco de ser cancelado.

As informações roubadas não compreendem as senhas em si. Mas contêm dados sobre como e quando foram usadas (metadados), além das perguntas feitas para confirmação em caso de esquecimento. Também foram vazados nomes, e-mails, números de telefones, datas de nascimento. A empresa afirmou que os dados sobre cartões de crédito e pagamento não foram comprometidos.

E quem já não usa o Yahoo?
O vazamento é preocupante mais pelo uso que as pessoas fazem de suas senhas. Recentemente, um vazamento do esquecido e quase sepultado MySpace desencadeou milhares de invasões simplesmente porque os hackers cruzaram nomes e senhas para descobrir se alguém repetia o logon com as mesmas palavras-chave. O dono do Facebook, Mark Zuckerberg, teve perfis em rede social invadido justamente por que usava a mesma senha em sites diferentes. Nesse caso, os hackers descobriram que sua senha do Linkedin servia em duas outras redes sociais .

O mesmo pode ocorrer com o roubo do Yahoo. Para um hacker com acesso a programas específicos (e não muito difíceis de serem encontrados) é possível testar a mesma combinação de nome e senha em vários sites para ver se há repetição. Então, fica a dica: se você já usou o Yahoo na vida (ou algum dos seus serviços) e o mesmo nome do usuário e senha foram usados em outro site, troque agora seu login.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *