NOT√ćCIAS

Analfabetismo é maior na geração X, aponta pesquisa

Analfabetismo é maior na geração X, aponta pesquisa

by 16 de agosto de 2017 0 comments

O n√ļmero de pessoas n√£o alfabetizadas no Pa√≠s √© maior entre aqueles que nasceram entre 1968 e 1982, a chamada Gera√ß√£o X. √Č o que aponta uma pesquisa in√©dita feita pela UnitFour, empresa especializada em fornecimento e consulta de dados. De acordo com o levantamento, 44% da popula√ß√£o que nasceu nesse per√≠odo n√£o possui nenhum grau de instru√ß√£o.

O estudo, feito com base em 208 milh√Ķes de Cadastro de Pessoas F√≠sicas (CPFs) no Pa√≠s e conclu√≠do no final de julho, revelou que entre aquelas pessoas que nasceram entre 1983 e 1996, conhecida como Gera√ß√£o Y, esse mesmo √≠ndice de analfabetismo √© de 16%. O objetivo da pesquisa foi mapear as diferentes gera√ß√Ķes existentes no Brasil e um poss√≠vel retrato do grau de escolaridade de cada uma delas.

Nível de escolaridade

Y

X

Demais

Analfabeto

16%

44%

40%

Ensino Superior

31%

42%

27%

Doutorado

11%

48%

41%

Mestrado

58%

6%

36%

“Nosso estudo levantou as quantidades de pessoas vivas no Brasil classificadas por Gera√ß√Ķes”, explica Gabriel Teixeira, s√≥cio-diretor da Unitfour. O levantamento classificou cinco gera√ß√Ķes presentes hoje no Brasil, sendo elas a Gera√ß√£o X, a Gera√ß√£o Y, Gera√ß√£o Z, os Baby Boomers e a gera√ß√£o Silenciosa.

Descritivo Identificador

Homens

Mulheres

Nascidos em 1968 a 1982 (35 a 49 anos) Geração X

13%

13%

Nascidos em 1983 a 1996 (21 a 34 anos) Geração Y

12%

12%

Nascidos em 1952 (+ 65 anos) Silenciosa

12%

11%

Nascidos em 1967 a 1953 (50 a 64 anos) Baby Boomers

10%

10%

Nascidos em 1997 a 2002 (15 a 20 anos) Geração Z

3%

3%

Na outra ponta, a Gera√ß√£o X tamb√©m possui o maior n√ļmero de pessoas com Ensino Superior, totalizando 42%, contra 31% da Gera√ß√£o Y e 27% das demais gera√ß√Ķes somadas. Por√©m, quando visualizamos o n√ļmero de pessoas com n√≠vel de Mestrado, os que pertencem √† Gera√ß√£o Y lideram, com 58%, em compara√ß√£o com a Gera√ß√£o X (6%) e as demais somadas (36%).

Quando classificado por g√™nero, o porcentual de analfabetos √© majoritariamente formado por pessoas do sexo masculino tanto na Gera√ß√£o X como na Y, com 82% desse p√ļblico.

Geração Y

M

H

Geração X

M

H

Analfabeto

18%

82%

Analfabeto

18%

82%

Ensino Superior

57%

43%

Ensino Superior

57%

43%

Mestrado

58%

42%

Mestrado

57%

43%

Doutorado

54%

46%

Doutorado

52%

48%

De acordo com Teixeira, a pesquisa destacou com √™nfase as gera√ß√Ķes X e Y por serem o estrato da popula√ß√£o com maior poder da for√ßa de trabalho. “N√£o estamos considerando a gera√ß√£o Z nesta an√°lise, pois a mesma √© composta em suma maioria por jovens menores de idade que n√£o possuem faixa de renda definida”, avalia Teixeira

Classe Social e Média Salarial
O levantamento tamb√©m as gera√ß√Ķes e o grau socioecon√īmico. Em rela√ß√£o √†s classes sociais, em um comparativo entre tr√™s gera√ß√Ķes, √© percept√≠vel que a Gera√ß√£o X e os Baby Boomers s√£o as com maior presen√ßa dentre as classes A e B, conforme gr√°fico abaixo:

Geração X

Baby Boomers

Silenciosa

A

36%

38%

18%

B

26%

32%

33%

C

36%

25%

19%

D

46%

24%

4%

N√£o identificado

13%

11%

12%

A geração X tem a maior parcela de integrantes com a renda média de R$ 2.813,00 a 3.137,00. São os Baby Boomers que têm a renda mais alta, ficando nas maiores faixas, de R$ 2.813,00 até acima de R$ 3.137,00. A Silenciosa tem a maior concentração de pessoas com a renda média acima de R$ 3.137,00.

X %

BB %

S %

Faixa 01

31%

16%

17%

Faixa 02

40%

53%

7%

Faixa 03

30,5%

44%

25%

Unitfour

Nenhum Coment√°rio

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Coment√°rio Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um coment√°rio.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *