NOT√ćCIAS

A Transformação Digital não é mais uma tendência, é uma revolução

A Transformação Digital não é mais uma tendência, é uma revolução

by 5 de setembro de 2017 0 comments

Empresas como Uber, Facebook e Airbnb são exemplos de negócios bem-sucedidos na era digital. Mas o que estas companhias têm em comum? Todas as três estruturaram modelos de negócios disruptivos para criar oportunidades onde não existia. O crescimento delas ao longo dos anos é um exemplo de como a tecnologia pode auxiliar na criação de empregos e no desenvolvimento da economia, mesmo em um cenário de negócios desafiador.

De acordo com Eric Duffaut, Chief Customer Officer (CCO) da Software AG, as organiza√ß√Ķes que n√£o se transformarem r√°pido ir√£o morrer devagar, o que ele denomina ‚Äúdarwinismo digital‚ÄĚ. Para auxiliar as empresas nessa transforma√ß√£o, Eric elencou os cinco pilares para uma jornada de transforma√ß√£o digital bem-sucedida, durante evento organizado pela Software AG, ‚ÄėRoundtable: Desafios e oportunidades da Transforma√ß√£o Digital no Brasil‚Äô, realizado recentemente em S√£o Paulo e que reuniu CIOs e executivos de diversos setores. Confira:

1 ‚Äď Criar uma experi√™ncia para o cliente acima das expectativas: este deve ser o objetivo principal das organiza√ß√Ķes; √© preciso sempre ter em mente a necessidade de colocar o consumidor em primeiro lugar, como o centro de todos os processos das companhias. Com a tecnologia tudo se torna mais simples – √© poss√≠vel responder e atender ao cliente em tempo real com informa√ß√Ķes exatas sobre suas necessidades e sua jornada de usu√°rio, e com resultados precisos sobre todas as a√ß√Ķes realizadas.

2 ‚Äď Criar valor por meio de dados em tempo real: as decis√Ķes devem ser tomadas sempre baseadas em dados; Big Data em tempo real possibilita realizar as an√°lises que s√£o pe√ßas fundamentais para segmentar os clientes e alinhar as a√ß√Ķes das empresas para agregar valor de forma personalizada, em fun√ß√£o do que cada cliente representa para a companhia.

3 ‚Äď Transformar processos e construir uma arquitetura empresarial do S√©culo XXI: a transforma√ß√£o da arquitetura tecnol√≥gica e de todos os processos da companhia √© a base para suportar sua estrat√©gia digital. As empresas precisam de capacidades modernas e robustas de integra√ß√£o de sistemas de TI existentes, on premise e/ou na nuvem, al√©m de gest√£o de APIs para atender √†s demandas internas e de seu ‚Äúecossistema‚ÄĚ digital. Adicione a isso a for√ßa das an√°lises em tempo real, tomada de decis√Ķes preditiva e Intelig√™ncia Artificial, e sua organiza√ß√£o ter√° uma plataforma digital baseada em uma arquitetura do S√©culo XXI para ganhar velocidade, intelig√™ncia e transformar dados em valor.

4 ‚Äď Fundir o mundo f√≠sico com o digital: estima-se que v√£o existir mais de 50 bilh√Ķes de dispositivos conectados at√© 2020. A Internet das Coisas (IoT) permitir√° a apari√ß√£o de novos servi√ßos e funcionalidades ligados a produtos j√° existentes, e incorporar essa tecnologia possibilitar√° o ganho de produtividade, competitividade e lucratividade. N√£o h√° limites para o potencial do IoT.

5 ‚Äď Reformular o papel do CIO para CDO: de chefe de sistemas a respons√°vel pela digitaliza√ß√£o, ou simplesmente Chief Digital Officer (CDO). N√£o h√° mais espa√ßo para a simples administra√ß√£o de TI. J√° existem cerca de 20.000 CDOs no LinkedIn e a relev√Ęncia desta mudan√ßa n√£o est√° no nome do cargo, mas sim no papel de lideran√ßa de neg√≥cios, com reporte direto ao CEO e participa√ß√£o no comit√™ de gest√£o das empresas, o que refor√ßa a natureza cr√≠tica da transforma√ß√£o digital.

O software √© o motor da inova√ß√£o nos neg√≥cios, proporcionando velocidade e escala. Empresas de diversos segmentos est√£o utilizando software para criar novos servi√ßos, produtos e novas formas de operar, para ent√£o liderar seus mercados. Para Eric, a transforma√ß√£o se assemelha muito ao processo pelo qual passa uma borboleta. ‚ÄúA lagarta se fecha em um casulo, vai mudando aos poucos e depois surge uma borboleta‚ÄĚ, explicou. ‚ÄúE √© isso o que as empresas precisam fazer. Se transformar, criar asas e al√ßar voos mais longos e pr√≥speros por meio da tecnologia, causando impactos que literalmente ir√£o mudar o mundo‚ÄĚ, completou.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Coment√°rio

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Coment√°rio Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um coment√°rio.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *