NOTÍCIAS

Telegram adota autodestruição de áudio e vídeo em nova versão

Telegram adota autodestruição de áudio e vídeo em nova versão

by 25 de julho de 2017 0 comments

O app de mensagens Telegram, talvez o principal concorrente do Whatsapp lançou a versão 4.2 com novos recursos de privacidade, maior velocidade e novas ferramentas para fotos. A principal novidade é um cronômetro de autodestruição para qualquer foto ou vídeo compartilhado em chats privados.

Os usuários podem definir um período de tempo e a contagem regressiva começa no momento que o receptor abre a foto ou vídeo enviado. Quando o tempo se esgota, a mídia desaparece para sempre, como nos chats secretos. E, se o receptor tenta capturar a tela da mídia que será excluída, o usuário que a enviou é notificado imediatamente.

O app de mensagens baseado em cloud tem se destacado em privacidade desde que foi criado, em 2013, sendo um dos primeiros a adotar criptografia de ponta-a-ponta para todas as conversas e dando uma folga para usuários que querem se proteger do uso de suas informações para propaganda ou mesmo espionagem.

Tendo um bom conceito sobre privacidade, o aplicativo de origem russa (dos mesmos criadores da VK, maior rede social da Rússia) está agora querendo ganhar usuários que se acostumaram com recursos que facilitam selfies e criação de conteúdo para postagens. Nessa nova versão, algumas ferramentas foram redesenhadas e a adoção de CDNs (redes distribuídas de conteúdo) deixam tudo ainda mais rápido.

As CDNs são arquiteturas de redes que concedem privilégio a multimídia (especialmente fotos e vídeos). São usadas pela maioria das plataformas de streaming. O Telegram passará utilizar esse recurso para conteúdo postado em grandes canais (com 10 mil membros ou mais). Essa novidade resultará em um aumento significativo na velocidade de downloads de usuários do aplicativo em dezenas de milhões de vezes ao redor do mundo.

Imagens
Adotando a tendência de outros apps, a versão 4.2 deixa que usuários adicionem uma biografia aos seus perfis. Cada descritivo pode ter até 70 caracteres e qualquer pessoa que abrir o perfil poderá ler o texto. Isso deve facilitar a interação com supergrupos.

Novas ferramentas de edição de fotos também foram adicionadas e são necessários ainda menos cliques para dar efeito e tratar as fotos no app.

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *