NOTÍCIAS

Stefanini quer “revolução ágil”

Stefanini quer “revolução ágil”

by 18 de maio de 2017 0 comments

A Stefanini quer fazer deslanchar o que batizou de “Revolução Ágil” no mercado. Para isso, prepara uma oferta com essa metodologia de controle e transformação de negócios. As chamadas metodologias ágeis, que misturam administração, gestão de projetos e tecnologia de desenvolvimento, estão ganhando força no mercado de TI e, consequentemente, conquistando clientes que precisam de rapidez e novos rumos para os negócios.

O modelo tem caído como uma luva na TI, que é obrigada a definir requisitos e parâmetros no início de um projeto e que acabam não se sustentando por diversas mudanças da empresa ou mercado. As metodologias ágeis estão conseguindo lidar com as transformações bruscas, sem perderem os objetivos traçados inicialmente. Elas fazem um projeto avançar, mesmo com imprevisibilidade e incertezas causadas por forças de mercado.

“Estamos em um processo de revolução Ágil na qual o foco é na adoção de práticas ágeis, sempre colocando como prioridade as pessoas e o bom relacionamento. Essa metodologia permite flexibilidade, mudanças, adaptação e baseia-se na velocidade com que as soluções e produtos são lançados no mercado”, afirma Leonardo Camargo, Diretor de Serviços e Desenvolvimento de Aplicações da Stefanini.

Rapidez
Entre os principais ganhos com a adoção de processos ágeis é possível destacar: Time to Market, em que os projetos são entregues mais rapidamente; testes automatizados, sendo possível reduzir o tempo de homologação; previsibilidade, com a adoção de sprint para que os prazos de entrega aconteçam em tempo hábil; maior interação da equipe de negócios do cliente com o time da Stefanini e maior volume de desenvolvedores por meio da adoção do DevOps.

“Nós tratamos de capacitar as pessoas e orientá-las, tanto em nossa equipe quanto em nossos clientes, para que se sintam à vontade e tenham o conhecimento necessário para adotar essas práticas ágeis. Além disso, modificamos nosso espaço físico e a velocidade com que as soluções são lançadas no mercado com o intuito de gerar eficiência e agilidade nas entregas”, ressalta Camargo.

No modelo Ágil, quem estabelece a ordem de prioridade para cada etapa é é sempre o cliente, com o apoio do time técnico da Stefanini. O principal objetivo dessa prática é reduzir o tempo do lançamento do produto/serviço no mercado. A Stefanini conta com mais de 10.000 desenvolvedores espalhados em 41 países, altamente capacitados e preparados para prestar um serviço de qualidade voltado a desenvolvimento de sistemas utilizando modelos ágeis.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *