NOTÍCIAS

Sonda reforça investimentos em Utilities. Meta é criar Centro de Excelência Redação

Sonda reforça investimentos em Utilities. Meta é criar Centro de Excelência Redação

by 15 de abril de 2015 0 comments

A companhia prevê investimento de R$ 8 milhões para o biênio de 2015 e 2016 que, somado aos aportes já realizados entre 2013 e 2014, totalizará R$ 14 milhões para sua estratégia de avanço no mercado. O capital empregado na iniciativa visa levar uma oferta de ponta a ponta, integrada ao portfólio de produtos e serviços contemplados pela Sonda IT.

Apoiada na expertise da equipe, que compõe a unidade, a meta é evoluir, sob o ponto de vista de uma TI orientada a negócios, as ofertas voltadas para esse segmento, tornando-as mais alinhadas às necessidades das empresas.

O objetivo, segundo a empresa, é dinamizar o atendimento com propostas que envolvem, de forma integrada, os sistemas de gestão comercial, técnica e de mobilidade, junto às frentes de plataformas, serviços de TI e aplicativos de mercado e fiscais, que fazem parte da oferta da Sonda IT.

Para conduzir essa estratégia, a Sonda nomeou Rivaldo Ferreira como diretor executivo da Divisão de Utilities. Ferreira, que detém 20 anos de experiência em TI e atua há 11 anos no mercado de utilities, vem para aumentar o avanço da empresa no setor de distribuição de energia, considerando que hoje a companhia detém 25% do market share, e ampliar sua oferta levando a experiência acumulada neste segmento para as companhias de saneamento e gás.

O executivo diz que a sua estratégia será ampliar o portfólio de soluções para a melhoria na eficiência dos processos das companhias de energia, além de replicar todo o seu conhecimento e da empresa para frentes que ainda estão deficitárias no que se refere ao ambiente de TI.

“Há uma divisão no atual cenário de utilities no País. Enquanto o setor de energia, que sempre investiu em tecnologia, aprimora constantemente os seus processos com uma maior automatização para a redução de custos, o mercado de saneamento e gás busca a modernização”, explica Ferreira.

De acordo com Carlos Henrique Testolini, presidente da Sonda no Brasil, a criação da Divisão de Utilities vem ao encontro da busca pelo desenvolvimento econômico do País e, consequentemente, da demanda pela expansão das empresas do setor.

“A expectativa é acompanhar as necessidades desses segmentos, amparando-os com a experiência da companhia em sistemas de tecnologia a fim de promover um crescimento organizado e baseado com as melhores práticas de gestão”, finaliza Testolini.

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *