NOTÍCIAS

Segurança e inovação no setor financeiro

Segurança e inovação no setor financeiro

by 5 de maio de 2016

* Por Bruno Zani

O setor financeiro está entre os mais atraentes para a ação de cibercriminosos e também é o setor referência em segurança da informação atualmente. Muito investimento é feito pelas empresas deste setor para proteger seus dados corporativos e os dados de seus clientes. O setor financeiro é um dos que mais investem em tecnologia. Atualmente mais de 50% das operações bancárias são realizadas por meios eletrônicos. E da mesma forma que crescem as transações pela internet, os cibercriminosos também desenvolvem novos malwares e golpes para se aproveitarem dessa situação.

Do outro lado temos o usuário de serviços bancários, que é cada vez mais exigente. Ele quer soluções novas e práticas o tempo todo, quer realizar transações via internet e pelo celular de forma segura, com total disponibilidade, 24 horas por dia. O cliente quer inovação e a empresa precisa atender esta demanda com rapidez, mas sem deixar brechas, criar riscos para a segurança e também sem impactar a experiência do usuário.

Inovar na área financeira é obrigatório para atender a demanda dos clientes, mas para oferecer a experiência agradável almejada pelo cliente é preciso que a segurança seja inserida nos projetos de desde o início. Atualmente as empresa já atuam com um nível altíssimo de complexidade na segurança de dados. As equipes de segurança têm entre os constantes desafios: melhorar a performance, obter visibilidade do ambiente complexo e reduzir custos.

É possível inovar e melhorar a performance da segurança utilizando as ferramentas já existes em seu ambiente corporativo. Muitas vezes as empresas investem em tantas soluções diferentes, que geram milhões de alertas por dia, demandam imenso esforço administrativo e mesmo assim não trazem o resultado esperado. Vemos no mercado crescer a necessidade de soluções que viabilizam a comunicação entre diferentes fornecedores.

Tecnologias no negócio
Com um ambiente integrado, estruturado com ferramentas capazes de trocar informação entre si é possível aproveitar as soluções existentes, acelerar a detecção, reduzir o tempo de resposta dos ataques e obter um ambiente mais seguro.

Ninguém tem controle sobre a transformação digital, cada vez mais tecnologias são inseridas nos negócios e, neste cenário, a segurança se torna um importante habilitador do negócio. A segurança precisa fazer parte do negócio e não ser tratada como um fator a parte. Sem a segurança em primeiro plano não existirá entrega de serviços.

* gerente de engenharia de sistemas da Intel Security

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br