NOTÍCIAS

Por que o dono da Amazon quebra champanhe numa turbina de vento?

Por que o dono da Amazon quebra champanhe numa turbina de vento?

by 20 de outubro de 2017 0 comments

Tudo que você precisa para ser um bilionário descolado da tecnologia é energia. E o fundador e CEO do império Amazon sabe disso. Na quinta-feira, 19 de outubro, Jeff Bezos subiu no topo de uma das turbinas do novo parque de geração eólica da empresa, no Texas e inaugurou o local com uma caríssima garrafa de champanhe.

O local gerará energia limpa e barata para o data center da Amazon. Talvez não hoje nem ano que vem. Mas ao longo dos anos, Bezos tem certeza de que esse é um dos empreendimentos que mais lhe trará alegrias e lucros.

Talvez por isso, mostre essa confiança toda no alto de uma turbina de vento. As maiores delas chegam a mais de 100 metros do chão. São aparatos impressionantes. Somente as hélices, no chão antes de serem montadas, já dão vertigem. Não é possível ver a que altura estava o executivo. Mas era alto.

As imagens foram captadas com drones e é possível ver a pose de confiança de Bezos depois que o aparelho se afasta e vai dando uma visão mais ampla do local. Ele realmente fita desafiadoramente a câmera do drone. É como se dissesse “eu disse que chegaria no alto”. Não há o que duvidar.

A Amazon começou nessa semana a operar no Brasil. No mundo, continua sendo uma das empresas mais impressionantes de todos os tempos. Ontem também terminou a data para que cidades enviem projetos para a nova sede da empresa. O segundo quartel-general deve injetar US$ 5 bilhões na economia local e gerar 50 mil empregos (para humanos. É preciso reforçar isso já que a Amazon “emprega” mais de 40 mil robôs).

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *