NOTÍCIAS

Plano Nacional de internet das coisas vai priorizar formação de mão de obra

Plano Nacional de internet das coisas vai priorizar formação de mão de obra

by 23 de novembro de 2016 0 comments

A formação de mão de obra especializada é uma das prioridades do Plano Nacional de Internet das Coisas , que o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações está preparando. Segundo o diretor do MCTIC José Gontijo, é preciso preparar o trabalhador para as mudanças provocadas pelas plataformas digitais. “Estamos trabalhando para garantir um ecossistema favorável ao desenvolvimento e à implantação de soluções de internet das coisas (IoT) no Brasil.” Gontijo participou nesta terça-feira (22) do 60º Painel Telebrasil, realizado pela Associação Brasileira de Telecomunicações, em Brasília (DF). “É preciso mudar o perfil do trabalhador brasileiro, para que ele esteja preparado para as mudanças que vêm por aí”, disse.

Segundo ele, a construção do plano envolve um amplo debate com todos os atores, além de uma convergência com outros países. “Estamos trabalhando para garantir um ecossistema favorável ao desenvolvimento e à implantação de soluções de IoT no Brasil.”

Outra discussão relevante para a elaboração do Plano Nacional de IoT, de acordo com Gontijo, é a definição clara do papel do Estado em cada etapa do processo. “Precisamos saber onde o Estado precisa atuar e onde ele não deve atuar, porque o mercado é autossuficiente em muitos aspectos”, explicou.

Gontijo também defendeu a participação efetiva de centros de excelência, que “batam na porta” de produtores de diversas áreas para vender soluções tecnológicas. “É importante induzir a adoção dessas inovações, não basta elas estarem disponíveis”, enfatizou.

Demanda diversa
De acordo com o diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação Digital, as novas plataformas digitais terão grande demanda dos mais variados setores, “inclusive daqueles que ainda não sabem disso”. A ideia, acrescentou, que o plano seja um documento aberto, em constante revisão. “Qualquer política pública engessada está fadada ao fracasso – até porque o mercado não é engessado”, concluiu.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *