NOTÍCIAS

Maioria acha que IA é um risco para o emprego… dos outros

Maioria acha que IA é um risco para o emprego… dos outros

by 7 de março de 2018 0 comments

A inteligência artificial (IA) é um problema para os empregos. É o que dizem americanos ouvidos pelo instituto de pesquisa Gallup. Contudo, a maioria dos entrevistados diz que a tecnologia só deve atrapalhar o mercado de trabalho dos outros. Quase três quartos (73%) dos ouvidos concordam que a nova tecnologia eliminará vagas. Mas para 23%, a automação não é um risco para a própria atividade exercida.

Notavelmente, os números variam dependendo do grau educacional. Os entrevistados com apenas um diploma de faculdade de quatro anos ou menos se mostram mais preocupados (28%). Para os com licenciatura, o índice cai para 15%. O sistema educacional americano possui algumas diferenças com o brasileiro após o segundo grau ou técnico.

O impacto da IA no mercado de trabalho é algo polêmico. Algumas vagas começam a ser preenchidas por sistemas de machine learning que já estão sendo vendidos por empresas de tecnologia. As centrais de atendimento (contact-centers) são exemplos dessa transformação. A tecnologia ainda está em seus primeiros passos e pode ser muito mais abrangente do que se possa imaginar. Porém, vários estudos levam em conta que as vagas eliminadas poderiam ser absorvidas em outros setores, até na própria criação de sistemas inteligentes.

De fato, isso tem ocorrido desde a Primeira Revolução Industrial. Empregos são substituídos, algumas atividades até desaparecem ou viram trabalho artesanal especializado, enquanto abrem-se vagas pela escala de produção conseguida com a tecnologia. A situação nova da IA é que deixa dúvidas. Nunca houve algo como máquinas inteligentes e que o futuro delas aponta para máquinas fazendo e consertando máquinas.

Conquistando espaço
A pesquisa do Gallup vem de uma série histórica e é uma das ferramentas que estão ajudando a prever os próximos anos. Um dos destaques é a abrangência da IA. Quase nove em cada 10 americanos (85 por cento) usam pelo menos um dispositivo ou serviço embarcado com inteligência artificial. É algo que não percebemos na rotina diária, mas estão no app de navegação Waze ou nos menus da Netflix. Sem contar os principais assistentes de reconhecimento de voz nos smartphones e home appliances, como o Echo da Amazon, Cortana da Microsoft e Siri da Apple.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *