NOTÍCIAS

Líderes globais não estão prontos para o futuro, revela estudo da Vanson Bourne

Líderes globais não estão prontos para o futuro, revela estudo da Vanson Bourne

by 17 de abril de 2015 0 comments

O estudo, The Information Generation: Transforming The Future, realizado pelo Institute for the Future e pela Vanson Bourne, avaliou o impacto de uma crescente comunidade global de cidadãos digitais e revelou que os líderes empresariais em todo o mundo não estão prontos para o futuro.

Encomendado pela EMC, provedora global de soluções de TI para transformação de negócios, o levantamento abordou 3.600 líderes globais em 18 países, abrangendo empresas de grande e médio porte em nove setores, para determinar os principais fundamentos empresariais exigidos para ter sucesso hoje e ao longo da próxima década.

“Os consumidores estão exigindo mais das organizações com as quais interagem”, diz David Goulden, CEO da EMC Information Infrastructure. Segundo ele, os negócios nascidos no modelo de cloud computing já estão promovendo essa nova forma de viver, e os negócios mais antigos precisam repensar e criar formas de transformação e adaptação para atender às expectativas desses novos consumidores. “No caso dos que estão-se redefinindo para participar desse novo mundo, a transformação precisa ser focada, objetiva e integral.”

Como esperado, a quase totalidade dos líderes empresariais pesquisados (96%) acredita que as novas tecnologias mudaram definitivamente as regras dos negócios. Além disso, 93% relatam que os recentes avanços tecnológicos estão redefinindo as expectativas do cliente, e quase todos acreditam que esse cenário será acelerado na próxima década.

“É essencial explorar sistematicamente as implicações no longo prazo de uma era em que a informação está no centro de tudo o que fazemos, recondicionando-nos continuamente. Em todo o mundo, as organizações com mais capacidade de lidar com as informações – se já estiverem prontas – vão liderar uma das transformações mais significativas da história”, diz Rachel Maguire, diretora de Pesquisa do Institute for the Future.

As expectativas do consumidor que foram mais mencionadas pelos participantes são: acesso mais rápido aos serviços, acesso e conectividade 24 horas por dia, sete dias por semana, “seja onde for” e acesso a mais dispositivos e uma experiência personalizada mais exclusiva.

Atributos de negócios fundamentais para o futuro

Os líderes empresariais identificaram cinco deles, vitais para uma empresa surpreender e não ser surpreendida:

  1. Reconhecer bem cedo novas oportunidades no mercado
  2. Demonstrar transparência e confiabilidade
  3. Inovar com agilidade
  4. Oferecer experiências personalizadas e exclusivas
  5. Funcionar em tempo real

Embora os líderes empresariais concordem que esses atributos têm alta prioridade, eles admitem que muito poucos lidam com esses atributos muito bem e em toda a empresa. Apenas 12% conseguem perceber novas oportunidades, 9% inovam com agilidade, 14% demonstram transparência e confiabilidade e 11% oferecem experiência personalizada ou funcionam em tempo real (12%) – e o fazem bem e em toda a empresa.

Despreparados para o futuro
Por volta de 2020, mais de 7 bilhões de pessoas em no mínimo 30 bilhões de dispositivos terão criado 44 zettabytes de dados (ou 44 trilhões de gigabytes), segundo o instituto de pesquisas Gartner e a consultoria IDC, respectivamente. Sendo assim, de acordo com as empresas, o quadro leva rapidamente a um mundo em que quase todo elemento da vida estará ligado a dados. Embora os líderes saibam que podem lucrar com esses dados, 49% deles admitem não saber como. Isso inclui:

  •  Mesmo com 70% dizendo que podem obter informações com esses dados, apenas 30% são capazes de lidar com elas em tempo real
  • 52% admitem que não usam os dados com eficiência ou estão soterrados pela avalanche de informações
  • Somente 24% se consideram “muito bons” em transformar os dados em informações e ideias úteis

Mudanças importantes
Enquanto as empresas se alinham e se preparam para atender à evolução das expectativas dos clientes, o mundo está evoluindo em um ritmo igualmente rápido, de acordo com as responsáveis pelo estudo. O Institute For The Future previu grandes e importantes mudanças na forma de a tecnologia continuar a transformar o mundo por volta de 2024.

Na avaliação, há claros sinais de um movimento na direção de um mundo no qual praticamente todo elemento da vida estará ligado a dados. As pessoas e as corporações venderão, doarão e negociarão informações em negociações abertas. Objetos inanimados ganharão vida à nossa volta, tornando-se mais alertas, responsivos e conectados.

A tomada de decisões será aperfeiçoada pela inteligência artificial de um modo nunca visto, acreditam. As informações serão comunicadas e absorvidas por vários sentidos humanos. Com novas ferramentas, os consumidores serão capazes de controlar melhor sua privacidade. Nessa nova ordem mundial, o valor se deslocará dos produtos e serviços para as informações que eles geram.

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *