NOTÍCIAS

Lei contra LGBT une mais de 80 CEOs de empresas em protesto

Lei contra LGBT une mais de 80 CEOs de empresas em protesto

by 30 de março de 2016 0 comments

Uma polêmica lei aprovada na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, uniu mais de 80 dos principais executivos de do mundo em ato de protesto, vários deles de tecnologia. A nova regra é na verdade uma retirada de direitos conseguidos ao longo de anos pelos gays, bissexuais lésbicas e transgêneros. Com isso o público LGBT perde o direito de serem tratados como cidadãos comuns.

A House Bill 2 já teve duras críticas durante a semana. As empresas de entretenimento Marvel e Disney disseram que deixarão de fazer produções cinematográficas naquele estado americano. Vários grupos de direitos humanos e causas LGBT têm realizado manifestações e ganhado simpatizantes nessa luta contra o preconceito.

Ontem, Tim Cook, Jack Dorsey e Mark Zuckerberg, respectivamente CEOs da Apple, Twitter e Google uniram-se à briga, tomando partido em uma causa social que vem ganhando espaço no mundo dos negócios e no ramo da tecnologia que tem crescido com a nova onda digital. Juntos, eles assinaram uma carta de repúdio à HB2. Eles somaram-se a mais de 80 outros líderes de negócios que já apoiam a causa e criticam o governo da Carolina do Norte.

A legislação aprovada na quarta-feira passada, 23 de março, e Governador McCrory assinou a lei nessa mesma noite. A carta deve ser entregue na quinta-feira desta semana por…[LEIA MAIS]

 

Pages: 1 2

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *