NOTÍCIAS

Intel quer processador Xeon em IA e data centers com cloud

Intel quer processador Xeon em IA e data centers com cloud

25 de agosto de 2017 0 comments

A Intel tem perdido força com as novas tendências da TI, especialmente mobile e cloud. Concorrentes foram mais rápidos e eficientes nessas oportunidades que começaram a surgir a quase uma década. Mas a empresa espera recuperar terreno agora que outras demandas se apresentam como fortes e – seja bom ou ruim – estão chegando todas juntas e rapidamente. De olho em cloud, big data, inteligência artificial e computação de alto desempenho, a companhia mostrou o processador Xeon ao mercado brasileiro.

Como todo lançamento de produto desse tipo, o Xeon foi acompanhado de uma dezena de benchmarks que mostram que ele é muitas vezes mais rápido e poderoso em diversas tarefas. E, também como sempre ocorre, todas essas medições são anexadas a diversos poréns sobre os equipamentos e condições ideais para isso ocorra.

De qualquer forma, a Intel destaca que a família Xeon foi “projetada exclusivamente para a infraestrutura em constante evolução, oferecendo às empresas a maior eficiência no consumo de energia e o melhor desempenho no nível de sistema da indústria, com uma média 1,65 vezes maior em relação à geração anterior.”

Entre os novos mercados que a empresa espera conquistar está o de inteligência artificial. Benchmarks mostrados apontam o Xeon com 2,2 vezes melhor também em relação à geração anterior e ganhos de desempenho de deep learning de 113 vezes em comparação com um sistema de servidor não otimizado de três anos, quando combinado com otimizações de software, acelerando a entrega de serviços alimentados pela IA.

“As infraestruturas de data center e de rede estão passando por transformações imensas para suportar modelos de uso emergentes, como medicina de precisão, inteligência artificial e serviços abrem caminho para o 5G”, afirma Fábio de Paula, diretor da Intel Brasil para o mercado corporativo.

Disponível
A família escalável Intel Xeon já chega com mais de 500 mil processadores vendidos ao redor do mundo. O processador possui uma nova microarquitetura de núcleo, novos interconectores e controladores de memória. A plataforma resultante otimiza o desempenho, confiabilidade, segurança e o gerenciamento necessários em data centers e infraestrutura de rede.

Oferecem até 28 núcleos e até 6 terabytes de memória do sistema (sistemas de 4 soquetes) e podem ser ampliados para suportar sistemas de 2 a 8 soquetes e além, alimentando das cargas de trabalho de entrada até aplicativos de missão crítica.

A Intel também apresentou a Select Solutions, uma marca de soluções destinada a simplificar e acelerar a implantação de data center e infraestrutura de rede, com entrega inicial de soluções no Ubuntu Canon, Microsoft SQL 16 e VMware vSAN 6.6.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

Your data will be safe!Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *