NOTÍCIAS

Huawei quer construir uma das maiores nuvens públicas do mundo

Huawei quer construir uma das maiores nuvens públicas do mundo

12 de setembro de 2017 0 comments

No ano passado, a chinesa Huawei estabeleceu uma meta ousada de ser uma das maiores players do mercado de computação em nuvens públicas do mundo. O plano foi batizado de ‘Cresça com a Nuvem’. Esse segmento é um campo de batalha feroz entre empresas da TI tradicional e as que nasceram na web nas últimas duas décadas. Assim, Amazon, Microsoft, IBM, Google, etc, se engalfinham para conquistar um mercado que cresce cada vez mais.

As intenções da Huawei começaram a tomar forma em no evento Huawei Connect 2017, realizado em Xangai, em setembro, que discutiu a digitalização da indústria. O ‘Cresça com a Nuvem’, prioriza a implantação prática da estratégia de nuvem da marca, tecnologia e o ecossistema na era da nuvem. “A nuvem é fundamental para o mundo inteligente”, disse Guo Ping, CEO da Huawei

“A sociedade está experimentando um efeito tangível no desenvolvimento da tecnologia digital. Por isso, bem como pelas economias de escala no investimento, as nuvens de todo o mundo começarão a convergir – tornando-se cada vez mais centralizadas. No futuro, prevemos que haverá cinco grandes nuvens no mundo. A Huawei trabalhará com seus parceiros para construir uma dessas cinco nuvens e nós temos a tecnologia e o conhecimento para isso”, destacou.

Em seu discurso, Guo Ping assegurou aos clientes e parceiros que a Huawei realizou investimentos estratégicos no segmento de nuvem pública e fornecerá serviços de longo prazo. A empresa vai construir uma rede de nuvens globais com base em suas próprias nuvens públicas, além das nuvens que a empresa já construiu junto com parceiros. Além disso, priorizará a a segurança de ponta a ponta – de chipsets a serviços – e a oferta de serviços.

O sucesso compartilhado é o elemento final do DNA de Nuvem da Huawei. No evento do ano passado, a empresa apresentou sua visão para ajudar a cultivar um ecossistema próspero e diversificado. Na época, Guo proclamou que a Huawei tem seus objetivos fixados em apenas 1% desse ecossistema. Para os 99% restantes, a Huawei trabalhará com seus parceiros para trazer seus produtos para 172 países e regiões.

Lançamentos
A Huawei também anunciou o lançamento de seus novos serviços em nuvem Enterprise Intelligence, que a empresa fornecerá juntamente com uma plataforma de soluções gerais para cenários específicos. Essa combinação da Huawei Cloud com a Enterprise Intelligence torna a plataforma mais inteligente e ajudará a criar um maior valor para a indústria com novos avanços em tecnologia.

No Brasil, a Huawei e a Vivo oferecem serviços que fazem parte da parceria global entre as duas empresas para impulsionar a migração de clientes de serviços tradicionais de TI para a nuvem: Open Cloud e Cloud Server no Brasil, Chile e México.

A fim de expor suas capacidades de TIC aos parceiros de desenvolvimento, a Huawei também lançará a sua nova nuvem de desenvolvimento de software, a DevCloud 2.0. Como uma nova plataforma de Pesquisa & Desenvolvimento em nuvem que integra os 30 anos de experiência da Huawei em P&D, a DevCloud 2.0 irá expor mais de 3.000 das capacidades de TIC da Huawei por meio de APIs públicos e abrirá as portas para 20 OpenLabs de todo o mundo para os desenvolvedores. O objetivo final é tornar o desenvolvimento de software simples e eficiente, ajudando os desenvolvedores parceiros a inovarem e monetizarem os novos serviços.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

Your data will be safe!Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *