NOTÍCIAS

Futuro do 5G e da IoT depende da união da indústria Redação

Futuro do 5G e da IoT depende da união da indústria Redação

by 4 de Março de 2015 0 comments

 

CEO da Huawei diz que a tecnologia móvel será parte da
infraestrutura crítica do mundo superconectado, mas é
necessária colaboração aberta e cruzada do setor de TIC

Durante o fórum realizado paralelamente ao Mobile World Congress, evento de mobilidade em Barcelona, o presidente do conselho e CEO da Huawei, Ken Hu, reforçou a mensagem da empresa que, para a tecnologia 5G se tornar realidade, é necessária a colaboração aberta e cruzada da indústria de TIC, além da intensa inovação tecnológica e da criação de estratégias efetivas de comercialização. “A tecnologia móvel de 5G se tornará parte da infraestrutura crítica em um mundo superconectado”, disse Hu.

Segundo ele, as forças motrizes para alavancar a tecnologia 5G incluem a forte demanda que os usuários vêm apresentando em melhorias na velocidade de conexão, o avanço das soluções baseadas em Internet das Coisas (IoT), e os requisitos das indústrias verticais para a próxima revolução industrial.

“As redes 5G totalmente implantadas terão a capacidade de alcançar mais de 100 bilhões de conexões inteligentes”, disse Hu. “Mais do que apenas uma atualização, a 5G se tornará uma plataforma poderosa que habilitará novas aplicações, novos modelos de negócios e até novas indústrias – bem como muitos desmembramentos.”

Para chegar à 5G, Hu disse que as operadoras de telecomunicações devem primeiro colaborar abertamente com as indústrias e deixar as necessidades empresariais estimularem o desenvolvimento de padrões e a inovação tecnológica.

Em segundo lugar, prossegue o executivo, a indústria precisaria de um intenso trabalho de reforma de seus parques tecnológico, como o recente avanço da Huawei no desenvolvimento de uma nova interface aérea para futuras redes 5G.

Após anos de pesquisa, a Huawei desenvolveu uma arquitetura de interface aérea definida por software que usa tecnologias que incluem Sparce Code Multiple Access (SCMA), Filtered-Orthogonal Frequency Division Multiplexing (F-OFDM) e codificação polar.

A Huawei anunciou um teste comercial da 4.5G no final de fevereiro. E afirma que tal tecnologia chegará no mercado em 2016, e deverá aproveitar as inovações 5G nas redes 4G, ajudando as operadoras a aumentarem a receita.

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *