NOTÍCIAS

Entenda o que significa a fusão Dell e EMC e porque pode ser a maior da história da TI

Entenda o que significa a fusão Dell e EMC e porque pode ser a maior da história da TI

by 8 de outubro de 2015 0 comments

Conforme o VOIT adiantou, na noite desta quarta-feira, 7 de agosto, Dell e EMC estariam em conversas adiantadas para uma fusão das companhias. A notícia foi vazada por pessoas próximas ao negócio e não há maiores detalhes ainda.

Se ocorrer, a união pode se tornar a maior da história da TI, superando a compra que a Avago Technologies fez da Broadcom, por US$ 37 bilhões. O valor de mercado da EMC é de cerca de US$ 50 bilhões, de acordo com a Standard & Poor’s Capital IQ. Seria de longe a maior do setor. A compra da Compaq pela HP envolveu US$ 24 bi e a EDS por  US$ 14 bi. A Oracle comprou a concorrente direta PeopleSoft por US$ 10 bi e a Sun por US$ 7 bi.

Pelas informações conseguidas, a fusão se daria com a Dell adquirindo a EMC. Ainda não está claro se isso seria de forma completa ou em partes. Porém, o negócio pode ser capitaneado por firmas de investimento e ser também a EMC adquirindo a Dell. O vazamento da possível negociação foi seguido de silêncio sepulcral das fontes das empresas e só um anúncio oficial deve acabar com os boatos e especulações, pondo um marco na história da TI.

Mas o cenário que as empresas enfrentam favorece a fusão e por isso ela está gerando expectativas. Ambas as companhias enfrentam dificuldades de mercado, com a EMC um pouco mais exposta por ter ações em bolsa. A Dell recomprou seus papéis em 2013, com apoio da empresa de investimento Silver Lake, e fechou as negociações no mercado aberto. Segundo o CEO da empresa, Michael Dell, em comunicado àquela época, essa era uma medida para isolar-se da pressão imediatista dos acionistas e repensar a empresa como um todo.

Dell e EMC são empresas tradicionais do mercado de TI. A primeira cresceu fabricando computadores pessoais e ganhou destaque quando mudou o mercado oferecendo máquinas customizadas para os consumidores e empresas. O sistema de pedidos automatizados, primeiro por telefone e depois pela internet, fizeram da Dell um modelo de fabricação focada na demanda e e-commerce. Já a EMC despontou com soluções de storage (armazenamento de dados), envolvendo hardware e software. Posteriormente, a marca entrou em segmentos de networking, segurança e gestão de documentos.

Mas mesmo em situações diferentes, uma com ações negociadas e outra fechada ao mercado, Dell e EMC têm enfrentado dificuldades. A maior é dessa última, que tem perdido participação com…[MAIS]

Pages: 1 2

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *