NOTÍCIAS

Como usar o Facebook para homenagear pessoas queridas falecidas

Como usar o Facebook para homenagear pessoas queridas falecidas

by 29 de novembro de 2016 0 comments

As redes sociais fragmentaram relações e percepções da sociedade desde quando surgiram com força e no modelo atual, por volta de 2004. Desde essa época, uma situação sempre deixou uma pergunta no ar. O que fazer se alguma pessoa querida morre? Como retirar seu perfil ou fazer um memorial digno para aproveitar a força dessas redes sociais? Depois de muita briga e confusão, o Facebook criou meios de lidar com essas situações.

O luto é sempre um momento pessoal delicado. Mas é importante saber que a tecnologia pode ajudar a lidar com isso e não complicar ainda mais a dor da perda. No Facebook existe uma opção que se chama “Contrato de legado” (legacy contact), um termo técnico para lidar com a morte de usuários. Uma pessoa próxima, ou o próprio usuário, quando em vida, precisa preencher o documento que trata de forma legalizada os passos a serem dados diante do falecimento.

Na página Solicitação de Memorial, é possível fornecer dados para a empresa tomar medidas quanto ao perfil. O formulário é curto e pede somente o nome do falecido, a data da morte e – se possível – uma cópia do atestado de óbito, que pode ser feito em um scanner ou mesmo uma foto de um smartphone.

Com isso feito, há uma opção de escrever um post em homenagem à pessoa falecida e deixá-lo fixo na abertura do perfil. Também consegue-se um mínimo controle da conta, o que é útil para responder novas interações ou pedidos para linkar-se ou mesmo renovar fotos da página. O post fixado é extremamente útil durante os serviços do óbito, como horários e datas de missas, sepultamento, homenagens, etc.

O contrato de legacy permite também fazer o download dos posts e fotos já publicadas. Se a preferência for pela eliminação do perfil, a rede social deixa essa opção facilitada.

Memória
A página, se escolhida ficar no ar como um memorial onde qualquer pessoa possa fazer sua homenagem, recebe um rótulo novo de “Em memória de”.

A parte sentimental e humana desse processo é útil em caso de falecimento. Do lado técnico, há outros aspectos interessantes que podem ser úteis em caso de morte de uma pessoa querida. Por exemplo, o perfil é eliminado do algoritmo que lida com os anúncios que fazem a rede de contatos crescer. Isso faz com que ela não apareça mais em “Pessoas que você talvez conheça”, assim como não serão emitidos avisos sobre “Hoje é aniversário de…”, pedindo para que respondam com felicitações.

Isso tudo ajuda a lidar com as manifestações de conhecidos que desejam fazer homenagens, assim como a evitar trolls da internet que não respeitam o momento de luto de familiares e amigos.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *