NOTÍCIAS

Banda larga é fundamental para brasileiros. TV por assinatura e fone fixo: dispensáveis

Banda larga é fundamental para brasileiros. TV por assinatura e fone fixo: dispensáveis

by 6 de julho de 2017 0 comments

Os consumidores consideram-se dependentes da internet banda larga dentro de casa, mas não possuem a mesma ligação com TV aberta e telefone fixo. Os resultados do estudo Telecom da consultoria CVA Solutions, que ouviu mais de 4 mil pessoas em todo o Brasil, no último mês de maio, mostram que o comportamento do consumidor está mudando e isso pode afetar a oferta dos chamados pacotes “combo”.

O brasileiro está conectado e adorando a banda larga, com 92% usando para navegar e pagar contas, 67% para assistir filmes e 56% para trabalhar em home office, em vários tipos de telas: celular, notebook, desktop, tablet e smart TV.

Atualmente 67,3% das pessoas já assistem filmes pela Internet Banda Larga, sendo que 36,2% já o fazem pelo Netflix. Pelo Youtube já são 24,5%, número quase igual ao de quem assiste filmes pela TV aberta (25,2%). Mas ainda 85,1% dizem assistir filmes por canais pagos da TV por Assinatura.

Entre os 7.004 entrevistados, 4.639 tem TV por assinatura, 2.270 têm Netflix, mas desses, 576 têm Netflix e não têm TV por Assinatura. Destes 576, 48% cancelaram recentemente a assinatura de TV para ficar somente com o serviço de streaming e 52% nunca foram usuários de TV por assinatura.

Os consumidores estão insatisfeitos com sua TV por assinatura e o fone fixo, principalmente em relação aos custos. E dentro da atual recessão econômica o serviço já vem sendo cortado. Indagados sobre o que pretendem fazer nos próximos seis meses, 6,3% do total responderam que pretendem cancelar a assinatura e manter ou contratar serviços como o do Netflix. E outros 3,4% disseram que vão cancelar e usar apenas a TV aberta.

No caso do Telefone Fixo continua aumentando o número de pessoas que estão cortando o serviço: mais de 26% já tiveram, mas não têm mais telefone fixo.

Mudança de comportamento
A maneira de assistir TV, principalmente a filmes está mudando muito. Tanto que o número de pessoas que usam uma Smart TV (conectada à Internet) aumentou de 27,8%, em 2016, para 35%, em 2017.

Apesar de apontarem problemas e continuarem querendo mudar de operadora, os consumidores estão um pouco mais satisfeitos com esses serviços e deram notas melhores às operadoras do que nos anos anteriores. Mas diante da recessão econômica, os cortes são inevitáveis e os combos de três produtos vêm diminuindo. Ao mesmo tempo, existe um aumento de pessoas que buscam o combo de quatro produtos, incluindo telefone celular.

Para o sócio-diretor da CVA Solutions, Sandro Cimatti, os combos com quatro produtos ainda são um bom caminho estratégico para as operadoras, como forma de manter os clientes de TV por Assinatura e de Telefone Fixo e expandir a base de clientes. “A internet banda larga é o produto que está sustentando a existência dos combos, mas quando se integra o telefone celular ao pacote, as operadoras podem crescer em número de clientes e fazer o Cross Sell (venda cruzada, ou crescimento dentro da própria base de clientes). Este movimento pode ameaçar as operadoras que são fortes apenas em telefonia celular e fracas nos demais produtos ”, observa Cimatti.

 

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *