NOTÍCIAS

Aprenda a ver e entender o gráfico mais importante do ano sobre tecnologias emergentes

Aprenda a ver e entender o gráfico mais importante do ano sobre tecnologias emergentes

by 18 de agosto de 2015 0 comments

Saiu hoje, 18 de agosto, o Hype Cycle de Tecnologias Emergentes do Gartner. O estudo anual traz uma visão ampla das novidades que estão movimentando o mercado e coloca todas sob uma curva comum da adoção e sucesso de produtos tecnológicos. É uma das mais importantes ferramentas de análise que esses institutos que estudam o mercado produzem.

São dois os grandes destaques desse ano. O primeiro é a forte movimentação do conceito de carros-robôs (chamados também de driveless car ou autonomous vehicles). São automóveis que funcionam sem motoristas e são controlados por sensores e conexões sem fio. O termo subiu rapidamente de popularidade e a consultoria já o considera um fenômeno. Vamos explicar mais adiante como funciona essa movimentação e o gráfico em curva. Vale a pena conhecer isso, até porque os nomes de cada parte do gráfico são bem legais.

Outro conceito que ganhou destaque é o de transformação digital, que no estudo é chamado de digital business. Esse termo envolve um desafio atual de todas as empresas para mudarem o modo de fazer negócios e aproveitarem todas as tecnologias consagradas dos últimos anos. Mobilidade, apps, cloud computing, analytics, big data e social business estão nesse pacote com o rótulo “use agora ou fique pra trás”. O Gartner cunhou o termo “Nexus of Forces” para definir isso, mas outras consultorias adotam denominações próprias.

Ainda são destaque do Gartner nas tecnologias emergentes:
Marketing Digital – que está ajudando empresas a conseguirem inovar vendas e serviços aos consumidores.
Casa Conectada – impulsionada pela internet das coisas e até pelo carro-robô, o conceito começa a ganhar contornos mais próximos da rotina comum do que da ficção.

Nosso destaque aqui no VOIT vai para:
Impresssoras 3D – os modelos voltados a negócios estão próximos do patamar da consolidação. Isso é muito bom. Já os modelos para consumidor final passam pela curva entre o declínio e decepção. Vamos esperar, em geral é onde muita tecnologia some.
Realidade Aumentada e Realidade Virtual – ambas estão seguindo o caminho previsto até a consolidação. A primeira deve ainda ter algum descrédito antes de retomar o impulso. Já a segunda, passou essa fase e segue para a popularização.

Como funciona o Hype Cycle
Anualmente o Gartner faz esse estudo para medir o quanto uma tecnologia nova está sendo comentada e ganhando espaço. O sucesso é medido em períodos e está em cores e formas diferentes. O objetivo é passar por todo o ciclo de vida e chegar no patamar da tranquilidade. Mas muita coisa pode acontecer até lá:

Gatilho da Inovação – Primeiro, há uma grande elevação das expectativas. Note que é uma subida forte e curta. É quando todos falam sobre algo e o deslumbramento só cresce.

Pico das Expectativas Infladas – No topo do gráfico fica o auge desse hype. É o ponto máximo de esperança que o termo ou a tecnologia atinge. É, em geral quando ela faz tudo e pode tudo. Ninguém ousa dizer o contrário. É o momento ótimo, mas daí em diante é só ladeira abaixo.

Vale da Desilusão – Essa curva de queda é normal no mercado. É quando vemos que não é bem assim que a tecnologia funciona, há problemas, o custo é alto, outra começa a surgir, etc. É uma queda vertiginosa, mas não significa ainda que a tecnologia é ruim. O hype é que esfriou.

Ladeira do Esclarecimento – após passar pelo ponto mais baixo da desilusão, a tecnologia ganha nova força e cresce novamente. Mas essa curva é completamente diferente da inicial, é longa e pequena. É sinal que a tecnologia está madura e popular. Mas é também onde, em geral, não tem mais hype nem preço elevados.

HypeCycle2010_2015

Clique para aumentar a imagem

Colocamos os gráficos do Hype Cycle de 2010 e 2015 para você entender melhor como algumas tecnologias somem e todos os movimentos. Note que algumas permanecem na expectativa, outras fazem o caminho normalmente e outras simplesmente ficam obsoletas (desaparecem) ou esfriam o hype (estacionam ou também somem).

 

Acessse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

Your data will be safe!Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *