NOTÍCIAS

Algoritmo de IA consegue resumir textões

Algoritmo de IA consegue resumir textões

by 11 de setembro de 2017 0 comments

Sobrecarga de informações é um dos males do mundo moderno. E não são somente as notícias falsas que nos enchem por todos os lados e tiram nosso foco. Nem as pós-verdades, a vida fútil das pessoas da sua timeline, os GIFs animados de gatinhos ou os sensacionais lançamentos sem novidade das empresas. É fácil desviar desses conteúdos sem qualidade. Contudo, ainda não nos sobra tempo para lermos tudo que nos interessa. Vamos ser claros. A internet nos trouxe muita coisa boa e muita coisa ruim. E mesmo que nos concentremos nas coisas boas, simplesmente não há tempo para ler tudo.

Pesquisadores da Salesforce, empresa de automação em cloud de Marketing, Vendas e Atendimento ao Cliente, podem ter descoberto algo que nos desafogue um pouco dessa sobrecarga de informação e falta de tempo. Eles desenvolveram um algoritmo de inteligência artificial que faz resumos de textos extensos.

Por mais que gostemos de textões, simplesmente não há como ler tudo que cai na nossa frente. Por melhores que sejam os conteúdos, ainda temos que lidar com outras coisas na vida. Fazer relatórios da empresa ou projetos novos, por exemplo. E é aí que o novo algoritmo entra, ele pode preparar um resumo de notícias de jornais, artigos educativos ou qualquer texto extenso.

Desempenho
O algoritmo utiliza diversos avanços de aprendizado de máquina (machine learning) e capacidades de processamento diferenciado da IA. E, olha, o negócio é mais do que razoável. Já dá pra ter uma boa esperança de que nossos computadores não ficarão abarrotados de coisas para ler depois e que nunca são lidas.

O Technology Review, publicação especializada do MIT, destaca que o algoritmo fez o seguinte resumo de um artigo do New York Times sobre o Facebook tentando combater as falsas notícias antes das próximas eleições do Reino Unido:

A rede social publicou uma série de propagandas em jornais na Grã-Bretanha na segunda-feira.
Ele retirou dezenas de milhares de contas falsas na Grã-Bretanha.
Ele também disse que contratará mais 3.000 moderadores, quase duplicando o número de pessoas em todo o mundo que procuram conteúdo inapropriado ou ofensivo.

No total, o artigo original tinha quase 5 mil caracteres e 780 palavras. O resumo contém 326 caracteres e 48 palavras. E, mais importante, o principal da notícia está aí.

Em alguns outros testes, o algoritmo não se saiu tão bem, produzindo resumos incoerentes e com falta de informações. Mas o sucesso de parte dos resultados já entusiasma a equipe de pesquisadores da Salesforce. A equipe liderada por Richard Socher , cientista-chefe da Salesforce e proeminente nome da inteligência artificial. Eles acreditam que há uma demanda grande para soluções comerciais desse tipo.

Se ainda falta muito para o algoritmo “enxugar” e dar coesão a muitos detalhes, contextos e figuras de linguagem usadas por humanos, ele ao menos já trabalha bem com textos que são mais padronizados, como notícias de jornais (as chamadas hardnews), e-mails corporativos e relatórios.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Nenhum Comentário

Seja o Primeiro a Comentar Este Post

Nenhum Comentário Ainda!

Seja o Primeiro a fazer um comentário.

Deixe uma resposta

<

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *